Neve atrasa o início do 3º dia de testes da Fórmula 1 na Espanha

Treino só foi liberado quando o tempo abriu e o helicóptero médico conseguiu voar

28/02/2018 - 12:22 - Atualizado em 28/02/2018 - 15:02

Tempo frio reduziu trabalho das equipes na pista
(Foto: Reprodução/Instagram)

O terceiro dia dos testes da pré-temporada da Fórmula 1 começou com atraso, por causa da nevasca no Circuito da Catalunha, em Barcelona, na Espanha, nesta quarta-feira. Partes da pista, localizada nos arredores de Barcelona, estavam cobertas de neve quando as equipes chegaram, forçando os carros a permanecerem na garagem durante a manhã.

O circuito foi aberto para os treinos ao meio-dia local (8 horas em Brasília) depois que a visibilidade melhorou e o helicóptero médico conseguiu voar. O piloto sueco Marcus Ericsson, da equipe Sauber, brincou com a situação em publicação no Twitter. "Obrigado por me fazer me sentir em casa, Barcelona", escreveu. 

O tempo frio e úmido deverá reduzir significativamente o trabalho na pista das equipes nesta quarta-feira, sendo que as baixas temperaturas já haviam afetado os dois primeiros dias de testes, deixando os pilotos sem muitas informações sobre os novos carros de 2018 à medida que a pista permaneceu sem aderência suficiente para a realização de trechos mais longos de treinos.

Diante disso, houve conversas sobre a adição de dias extras de testes em Barcelona, mas a decisão precisaria ser aprovada por unanimidade entre as equipes. Esta quinta-feira será o último dia do primeiro período de quatro dias de testes da pré-temporada da Fórmula 1. Já os quatro dias finais começarão em Barcelona na próxima terça-feira. 

A temporada 2018 da Fórmula 1 será aberta com o GP da Austrália, no circuito de Melbourne, em 25 de março.

Veja Mais