Virtus é apresentado; chegada está marcada para janeiro

Sedã carrega mesma plataforma do Polo; tecnologia é um dos pontos fortes

17/11/2017 - 18:52 - Atualizado em 17/11/2017 - 18:59

A Volkswagen cumpriu a promessa e apresentou o Virtus. O sedã chega em janeiro, sob a plataforma MQB, a mesma adotada para o Polo.

“Estamos avançando rapidamente em nossa ofensiva de produtos, com a revelação do sedã Virtus apenas 60 dias após o lançamento do Novo Polo”, disse Pablo Di Si, Presidente e CEO da Volkswagen região América do Sul e Brasil. 

O design é totalmente diferente, mas o Virtus seguirá uma série de padrões que tiveram início no Polo. Um dos pontos principais é o acabamento. Além disso, o sedã terá versões com transmissão manual ou automática. No Brasil, o grande destaque será o conjunto mecânico do motor TSI de até 128 cv e transmissão automática de seis velocidades.

 

O design é considerado dinâmico e contará com linhas rápidas, especialmente na coluna C. A parte da frente conta com um vinco que margeia a entrada de ar e corta o espaço entre o conjunto ótico principal e os faróis de neblina. Há grandes superfícies dos faróis de neblina e indicadores de direção. Elas terminam em ângulos com contornos tridimensionais. Entre elas ficam duas entradas de ar: uma em forma de “V” no meio e uma segunda entrada estreita que se estende por toda a largura. 

Na lateral o sedã adota a linha dupla em forma de flecha. Da coluna B para trás, o modelo traz traços mais alongados e fluídos. São 4,48 metros de comprimento. A traseira vem com grandes lanternas que conectam os para-lamas com a tampa do porta-malas e têm um ângulo reverso, semelhante às do Jetta. Outro destaque é o defletor na região superior da tampa. O para-choque conta com um uma moldura na parte inferior, que atravessa toda a traseira. 

Por dentro, o Virtus destaca os 2,65 metros de entre-eixos, a mesma do Jetta. Já o porta-malas tem capacidade para 521 litros.

Na tecnologia, o Virtus conta com painel  Active Info Display e os sistemas de infotainment. Ele traz a segunda geração do Active Info Display, sistema Discover Media com tela sensível ao toque de 8 polegadas, além de três entradas USB. O Discover Media permite o espelhamento de smartphones por meio das plataformas Mirrorlink, Apple CarPlay e Android Auto.  

O Virtus poderá ser equipado com o motor 200 TSI e transmissão automática de seis velocidades. Essa transmissão oferece a opção de trocas manuais sequenciais Tiptronic, operada por meio da alavanca de câmbio ou pelas aletas (shift paddles) no volante. 

 

A potência máxima desse motor é de 128 cv com etanol e 115 cv com gasolina a 5.500 rpm, com torque máximo de 20,4 kgfm, com gasolina ou etanol, de 2.000 a 3.500 rpm. Equipado com esse motor, o Virtus acelera de 0 a 100 km/h em 9,9 segundos e atinge velocidade máxima de 194 km/h (dados com etanol).

Veja Mais