Nada de automático! Gol e Voyage mudam pouco para 2019

Transmissão segue manual; atualizações em design e motor são as maiores novidades

24/05/2018 - 17:10 - Atualizado em 24/05/2018 - 17:19

Os rumores deram conta da implantação da transmissão automática, mas não foi exatamente o que aconteceu. Mesmo assim, a Volkswagen apresentou oficialmente a linha 2019 de Gol e Voyage. E se há alguma novidade nos modelos, elas estão no visual mais moderno e atualizado.

As opções de motor Total Flex continuam sendo duas. Agora, o 1.0 MPI oferece até 84 cv de potência. A outra motorização é a 1.6 MSI, de até 104 cv. Ambos os motores são associados à transmissão manual de cinco marchas.

Na dianteira, Gol e Voyage ganharam o desenho do Gol Track, com capô mais elevado e duas linhas que se conectam aos faróis, agora maiores. O conjunto ótico também é novo e todo o recorte do capô que margeia os faróis é diferenciado. Com a grade mais larga e alta, o logotipo da Volkswagen fica alocado fora do capô. Os faróis têm uma escultura nova.

O para-choque dianteiro também é diferente. A entrada de ar na parte inferior cresceu. Os faróis de neblina passam a ter formato trapezoidal e são envolvidos por uma moldura preta. Os para-lamas dianteiros completam o pacote de novidades para os modelos.

Lá dentro, todas as linhas que determinam o painel estão orientadas de maneira horizontal, a exemplo da faixa inferior que percorre o painel de um lado a outro. As saídas de ar no painel contam com um formato angulado.  O instrumento combinado (cluster) traz iluminação de LED.

Sob o capô

O motor 1.6 Total Flex traz atrito reduzido, em especial nos retentores das válvulas, do eixo comando e da flange do virabrequim. Esse atrito reduzido proporciona menor consumo de combustível. Com etanol no tanque tem potência de 104 cv  a 5.250 rpm e  torque de 15,6 kgfm a 2.500 rpm. Com gasolina são  101 cv a 5.250 rpm e15,4 kgfm a 2.500 rpm

Com esse motor e câmbio manual de cinco marchas, o Gol acelera de 0 a 100 km/h em 10,4 segundos e atinge 182 km/h de velocidade máxima (etanol). O Voyage, com o mesmo conjunto, acelera de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos e atinge 186 km/h de velocidade máxima (etanol). O propulsor tem  bloco e cabeçote feitos de alumínio. Com quatro válvulas por cilindro, sendo duas para admissão e duas para escape, o cabeçote tem comando de admissão variável.

O EA211 1.0l tem potência máxima  de 84 cv com etanol a 6.350 rpm  e 75 cv a 6.250 rpm com gasolina. O torque máximo é de 10,4 kgfm com etanol e 9,7 kgfm com gasolina, ambos a 3.000 rpm.

Com o motor 1.0 MPI, o Gol acelera de 0 a 100 km/h em 13,1 segundos e atinge 167 km/h de velocidade máxima (etanol). O Voyage, com o mesmo conjunto, acelera de 0 a 100 km/h em 13,2 segundos e atinge 173 km/h de velocidade máxima.

Os modelos têm ar-condicionado, direção hidráulica, banco do motorista com ajuste de altura, suporte para celular integrado ao painel com entrada USB, travamento elétrico das portas e vidros dianteiros com acionamento elétrico. Entre os itens de aparência, destaque para os para-choques pintados na cor do veículo, as rodas aro 14 (modelo 1.0 utiliza pneus 185/65 R14) e aro 15 (motor 1.6 traz pneus 195/55 R15) com novas calotas, antena de teto e faróis com máscara negra.

Os modelos trazem  distribuição eletrônica de frenagem (EBD), dois airbags, cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador, alerta de não utilização de cinto de segurança do motorista, três apoios de cabeça com ajuste de altura no banco traseiro e  Frenagem de Emergência.

Como opcional entra o Interatividade Media Plus, que traz o sistema de Infotainment Media Plus com 4 alto-falantes e 2 tweeters. Esse sistema  integra rádio AM/FM, SD Card, entradas USB e Aux In, microfone e Bluetooth. Também tem leitor de CD e arquivos MP3.

Veja Mais