Aos 41, Honda CG 160 aparece renovada para a linha 2018

'Plástica' passa por mais itens de conforto e segurança para a moto mais vendida do Brasil

10/08/2017 - 18:03 - Atualizado em 10/08/2017 - 18:11

Se a vida começa aos 40, a Honda CG está vivendo uma infância bastante dinâmica. Aos 41 anos, a líder de vendas no mercado brasileiro (foram 115.374 unidades no 1º semestre de 2017) chega à linha 2018 renovada. Sim, isso é possível. Agora, toda a gama (CG 160 Start, CG 160 Fan e CG 160 Titan) chegará com freios CBS (Combined Braking System), além da suspensão dianteira SFF (Separated Function Fork), tecnologia anteriormente exclusiva aos modelos de maior cilindrada. Os preços partem de R$ 7.990.

Introduzido na linha em 2014 (inicialmente na CG 150 Titan), o sistema de freios CBS tem eficácia de ganho em até 20% da distância de frenagem. Seja com freios disco/tambor ou tambor/tambor o CBS atua da mesma forma: ao acionar o pedal de freio traseiro, a força frenante é distribuída para ambas as rodas, 34% para o freio dianteiro e 66% ao traseiro.

Já a suspensão SFF (Separated Function Fork) foi desenvolvida visando as exigências das motocicletas usadas nas competições off-road. O sistema separa as funções das bengalas da dianteira. Nas suspensões convencionais ambas bengalas contam com molas e dispositivos hidráulicos para amortecimento. No SFF, uma bengala é dedicada ao sistema hidráulico, o amortecimento progressivo da compressão e extensão, enquanto a outra bengala abriga a mola. A ideia é dar maior leveza à suspensão e menos atrito interno.

Para a versão CG 160 Tiitan e CG 160 Fan 2018, outra novidade é o painel de instrumentos Blackout, enquanto a CG 160 Start apresenta instrumento dotado de contagiros. Outra inovação na Start é o acabamento em Black Chrome nos aros de roda.

A gama conta com motor monocilíndrico com sistema de comando de válvula no cabeçote OHC (Over Head Camshaft), quatro tempos, arrefecido a ar e injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection). Com capacidade cúbica de 162,7 cm<MD+>3<MD>, é capaz de gerar 15,1 cv (etanol) e 14,9 cv gasolina) a 8.000 rpm. O torque máximo é de 1,54 kgf.m (etanol) e 1,40 kgf.m (gasolina) a 6.000 rpm. A Titan utiliza o pneu traseiro de perfil mais baixo e mais largo, com maior área de contato. Suas medidas são 100/80 18M/C REINF 59P para o pneu traseiro, e 80/100-18M/C 47P para o dianteiro. Na Fan, os pneus permanecem com as mesmas especificações: 80/100-18M/C 47P (dianteiro) e 90/90-18M/C REINF 57P (traseiro). A suspensão usa um garfo telescópico com curso de 135 mm na frente, e sistema de duplo amortecimento de 106 mm atrás. 

Versões e preços

Honda CG 160 Start: R$ 7.990

Honda CG 160 Fan: R$ 8.990

Honda CG 160 Titan: R$ 10.190

Veja Mais