Corpo da atriz Tônia Carrero é velado no Theatro Municipal do Rio

Presidente Temer manifestou pesar pela morte de Tônia, que ocorreu durante cirurgia

04/03/2018 - 17:46 - Atualizado em 05/03/2018 - 09:08

Atriz, que tinha 95 anos, foi submetida
a uma cirurgia (Foto: Divulgação)

O velório do corpo da atriz Tônia Carrero, que morreu na noite de sábado (3) após uma parada cardíaca durante cirurgia em uma clínica no Rio de Janeiro, ocorre no Theatro Municipal. A cremação será nesta segunda-feira (5), às 12h, no Memorial do Carmo.

A atriz estava internada desde sexta-feira (2) em uma clínica particular na Gávea, zona sul do Rio, para realizar o procedimento para tratar uma úlcera no sacro. 

Na tarde deste domingo (4), o presidente Michel Temer lamentou a morte da atriz. “O Brasil se entristece com a morte de Tônia Carrero. A TV, o cinema e o teatro ficam com a marca indelével de seu grande talento”, afirmou Temer, em sua conta no Twitter.

Tônia Carrero nasceu no Rio de Janeiro, em 23 de agosto de 1922, e foi batizada como Maria Antonietta de Farias Portocarrero. Consagrou-se no teatro, cinema e televisão.

Corpo da atriz é velado no Theatro Municipal do Rio (Foto: José Lucena/Futura Press/Folhapress)

Sua estreia no palco foi com a peça Um Deus Dormiu Lá em Casa, no Teatro Brasileiro de Comédia, em São Paulo, ao lado do ator Paulo Autran, com quem mais tarde dirigiram uma companhia de teatro.

Na TV, ficou conhecida na década de 1980 no papel da personagem Stella Fraga Simpson, da telenovela Água Viva, de autoria de Gilberto Braga. No cinema, fez diversos filmes, como Tico-Tico no Fubá e É Proibido Beijar.

Seu último trabalho na televisão foi na telenovela Senhora do Destino, em 2004.

Veja Mais