Servidores de Santos aceitam proposta e encerram campanha salarial

Decisão foi tomada após a segunda parcela do reajuste, de 1%, antes prevista para agosto, ser adiantada para julho

22/03/2018 - 13:43 - Atualizado em 22/03/2018 - 13:48

Os funcionários públicos de Santos ligados ao Sindicato dos Servidores Estatutários Municipais de Santos (Sindest) aceitaram na noite de quarta-feira, durante assembleia, a nova proposta da Prefeitura para renovação do acordo coletivo dos 10 mil trabalhadores na ativa e 5.600 mil aposentados.

A diferença entre a proposta rejeitada na semana passada (13) é que a segunda parcela do reajuste, de 1%, antes prevista para agosto, foi adiantada para julho. A primeira parcela, retroativa à data-base de fevereiro, continua em 2%.

Segundo o presidente do Sindest, Fábio Marcelo Pimentel, com a aplicação da segunda sobre a primeira, o reajuste será de 3,2%. Isso corresponde a 0,34% acima da inflação. “Fomos até onde deu. Cada avanço foi conquistado à duras penas”.

Benefício

Pimentel ressalta que o reajuste de 9% na cesta-básica e sua concessão, de R$ 280, aos aposentados que ganham até quatro salários mínimos, foi um dos principais pontos do acordo coletivo. Segundo ele, a medida contempla 840 aposentados que não recebiam o benefício.

Veja Mais