Protesto de sindicato fecha agências do Banco do Brasil na Baixada Santista

Unidades são de Peruíbe, Itanhaém e Santos. Motivo seria quebra de acordo com bancários

14/12/2017 - 10:45 - Atualizado em 14/12/2017 - 11:07

Agências ficarão fechadas até o final do expediente
(Foto: Divulgação/Sindicato dos Bancários)

Quatro agências do Banco do Brasil, de três cidades da Baixada Santista, não abriram as portas na manhã desta quinta-feira (14), em decorrência de um protesto do Sindicato dos Bancários de Santos e Região.

As agências estão localizadas em Peruíbe (Avenida Padre Anchieta, 1.200), Itanhaém (Avenida João Mariano, 220) e Santos (Rua Dom Pedro II, 49 e Avenida Pedro Lessa, 1505), e permanecerão fechadas durante todo o expediente, ou seja, até as 16 horas.

Segundo o sindicato, o protesto ocorre por conta do "desmonte do Banco do Brasil pelo governo Temer" e da "quebra do acordo com os bancários da Baixada Santista".

Ainda segundo os sindicalistas, esse acordo previa a indicação de ex-funcionários do Banco, que haviam perdido seu comissionamento após a reestruturação em 2016, para vagas abertas na Baixada Santista. No entanto, essas vagas estariam sendo preenchidas por funcionários indicados de outras bases.

Veja Mais