Costuma tomar vitamina C? Veja mitos e verdades sobre a substância

Nutricionistas falam sobre a melhor forma de consumi-la e quais os seus principais benefícios

25/08/2018 - 08:42 - Atualizado em 25/08/2018 - 08:43

Por ser mais em conta, laranja é a fruta favorita quando o assunto é vitamina C (Foto: Agência Brasil)

Você já deve ter ouvido diversas coisas relacionadas à vitamina C, um ácido ascórbico importante para o organismo. Mas, afinal: ela previne gripes e resfriados? Cápsulas efervescentes são tão eficazes quanto frutas? Podemos tomar todos os dias? Pensando nisso, A Tribuna On-line consultou nutricionistas e apresenta mitos e verdades para te ajudar a consumi-la corretamente. Confira:

1 - Tomar cápsulas efervescentes faz bem para o organismo.

Mito. O consumo de cápsulas efervescentes deve ter prescrição médica. O produto é utilizado, normalmente, quando o paciente tem certa deficiência de vitamina C no corpo.

Entretanto, a nutricionista Roberta Silva, do programa Emagrecendo Consciente, orienta que o melhor é "reforçar o consumo de alimentos ricos desta substância porque é mais saudável." Ainda de acordo com ela, "o uso excessivo de cápsulas pode gerar sobrecarga no nosso organismo e causar dores abdominais, diarreia, dor de cabeça e problemas renais".

A nutróloga da Universidade Metropolitana de Santos (Unimes), Nayara Cavalcanti, alerta que, apesar das cápsulas terem vitamina C, apresentam corantes e outras substância que a tornam não tão interessantes quando consumidas". Em resumo: não tome cápsulas efervescentes se estas não forem receitadas a você. Coma frutas!

2 - Vitamina C cura a gripe.

Não necessariamente. De acordo com Nayara, apesar de pessoas consumirem em excesso a substância, com a esperança de se prevenirem contra gripes ou resfriados, existe outro fator desconhecido e fundamental para o controle de doenças é a eficiência do sistema intestinal. É ele quem realiza a absorção de substâncias e vitaminas para, então, serem distribuídas pelo corpo. Os agentes responsáveis por este trabalho no intestino são os probióticos, presentes em alimentos como queijo e iogurte.

Segundo a nutróloga, o ideal é consumir probióticos para deixar o intestino bem nutrido e fazer com que absorva mais vitaminas e minerais diversos que compõem o sistema imunológico, prevenindo, desta forma, gripes e resfriados". 

3 - Laranja é a fruta campeã em vitamina C.

Não, mas há um fator que contribui para que ela esteja entre as frutas mais consumidas quando o assunto é vitamina C: o preço. De acordo com Nayara, "uma ou duas laranjas por dia já são o suficiente para que uma pessoa consiga obter o necessário de vitamina C" (para homens de 31 a 50 anos, 75 mg/dia; mulheres, 60 mg/dia)

De acordo com sites especializados de saúde, a fruta campeã em vitamina C por 100 mg é o camu-camu, com 2.606 mg. A laranja-pera, por sua vez, tem 85 mg.

A nutricionista Roberta Silva relaciona outras frutas que também têm grande presença de vitamina C, como a goiaba (104 mg), morango (63 mg), abacaxi (82 mg), tangerina (67 mg) e limão (38 mg). Outros alimentos, como o kiwi (28 mg), mamão-papaia (82 mg), extrato de tomate (63 mg) e a couve-flor (67 mg), também são ricos na substância.

4 - Vitamina C previne o câncer.

Sim. Segundo Nayara Cavalcanti, ela é um antioxicidante e combate radicais livres, que provocam doenças como o câncer e o Alzheimer. Mas o que são radicais livres? São moléculas produzidas naturalmente pelo oxigênio que entra em nosso corpo e agem contra substâncias pertencentes às células e com capacidade de oxidá-las.

A Vitamina C é eficaz contra os radicais livre justamente por ser um antioxidante, ou seja, capaz de deter estas moléculas.

5 - Vitamina C auxilia no combate à anemia.

Sim. Outra característica valiosa é que ela auxilia na absorção de ferro, que atua diretamente no combate à anemia. Pessoas anêmicas podem se beneficiar com o consumo desta substância. "Quando forem preparar a carne ou comer saladas e folhas escuras, por exemplo, uma dica é temperar com limão, porque a vitamina C da fruta aumenta a disponibilidade de ferro nestas verduras".

6 - Suco feito de um dia para o outro perde a vitamina C.

Verdade. Isso porque a Vitamina C oxida com muita facilidade, o que faz com que ela se perca com o passar do tempo. E, quando se trata de verduras escuras, o ideal, de acordo com Nayara Cavalcanti, é "consumi-las cruas, porque, durante a cocção, a substância se perde".

LEIA MAIS

<