Torcedores do São Paulo vão ao treino apoiar o time antes do clássico

Torcedores gritaram o nome dos titulares e reseravas, além de provocar o rival

07/03/2018 - 18:06 - Atualizado em 07/03/2018 - 18:22

Torcida apoiou time e treinador durante as atividades no CT (Foto:Bruno Riganti/FramePhot/Folhapress)

Mais de 700 torcedores do São Paulo foram ao CT da Barra Funda nesta quarta-feira para gritar palavras de apoio ao time no último treino antes do clássico desta quinta-feira com o Palmeiras, às 20h30, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista. 

Convocada pelas torcidas organizadas nas redes sociais, a manifestação fez o clube mudar os planos para o dia. O São Paulo chegou a publicar uma nota em que informava que a ideia era manter o treino fechado, mas voltou atrás enquanto os torcedores se aglomeravam na avenida Marquês de São Vicente e liberou o acesso à arquibancada do CT.

Enquanto o técnico Dorival Junior comandava o treino tático no gramado, os torcedores gritavam o nome dos titulares e reservas do time, um a um. Os gritos eram ouvidos no CT vizinho, do Palmeiras, adversário de quinta. Também não faltaram provocações aos palmeirenses.

Até o nome do treinador tricolor foi exaltado pelos torcedores, que há duas semanas foram ao CT, em grupo consideravelmente menor, após a derrota para o Ituano por 2 a 1, para pedir a demissão de Dorival e contratação de Vanderlei Luxemburgo.

Em campo, Dorival encerrou a preparação do time para enfrentar o Palmeiras. Quando a imprensa teve acesso ao treino, o time titular treinava com Jean; Militão, Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Petros, Hudson, Valdívia e Cueva; Marcos Guilherme e Brenner. No fim dos trabalhos, a equipe ainda treinou jogadas de bola parada.

Veja Mais