Raí é oficializado como novo executivo do São Paulo

Ídolo tricolor afirma estar motivado para assumir novo cargo

07/12/2017 - 20:49 - Atualizado em 07/12/2017 - 20:56

Raí recebeu convite do presidente Leco após a saída de Vinicius Pinotti (Foto: Rubens Chiri/SPFC.net)

Na noite desta quinta-feira (7), o São Paulo tornou oficial a chegada de Raí como novo diretor executivo de futebol. O ex-meia chega para substituir Vinicius Pinotti, que pediu demissão por divergências com o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, e será apresentado à imprensa às 12h30 desta sexta-feira, no CT da Barra Funda.

"Estou muito motivado, porque é um momento bom na minha vida pessoal. E, obviamente, na reflexão sobre a decisão final, priorizei como primeira atividade o São Paulo. Farei isso com o foco total. A minha história no clube, no futebol e as minhas experiências me credenciam para fazer um grande trabalho no São Paulo. Estou tranquilo e confiante", disse o ídolo, reforçando à torcida estar preparado para o novo cargo.

"Estou muito feliz, muito contente e muito confiante, apesar de saber da responsabilidade que isso exige. Eu me considero preparado, não só por tudo que passei dentro de campo, também pelo Tricolor, mas pelas minhas experiências pós-carreira e pelo meu momento de vida, de maturidade. Conto com vocês, sei que vocês também estão otimistas, e tenham segurança de que vamos ter um futuro vitorioso pela frente para o nosso Tricolor", falou, em recado à torcida.

Raí recebeu o convite de Leco pouco após Vinicius Pinotti pedir demissão, nessa quarta-feira. O ex-meia respondeu positivamente nesta quinta-feira e já se reuniu para discutir o planejamento e as prioridades para a próxima temporada com o presidente, que mostrou ânimo com sua chegada.

"Trata-se de uma figura maiúscula da história do São Paulo, que chega à nova função respaldado não só por sua ligação com o clube, como também por uma bem-sucedida carreira como empreendedor e gestor, por seu conhecimento do futebol dentro e fora de campo e por sua mentalidade moderna, vencedora e ambiciosa. Tenho certeza de que ele desenvolverá um grande trabalho", declarou Leco.

Raí já vem participando mais ativamente da vida política do Tricolor desde maio, logo após a eleição de Leco para o mandato atual. O ídolo passou a fazer parte do Conselho de Administração do São Paulo e, desde então, o presidente é pressionador a trazê-lo para o futebol - e gostou da ideia.

Ao longo do ano, em meio à briga do time para escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o nome do ex-meia foi cotado para a função de coordenador técnico. Raí tem feito cursos de gestão esportiva, o que, segundo a presidência, reforça sua condição para ocupar o novo cargo.

Como jogador, Raí atuou pelo São Paulo em 395 partidas, marcando 128 gols. Foi campeão paulista em 1989, 1991, 1992, 1998 e 2000, brasileiro em 1991; da Libertadores em 1992 e 1993 e mundial em 1992. Está com 52 anos de idade.

Veja Mais