Monumento na divisa entre Santos e São Vicente é restaurado

Marco Rodoviário, conhecido como Tambores, teve peças recolocadas nesta madrugada

02/03/2018 - 14:52 - Atualizado em 02/03/2018 - 14:53

Finalização do restauro ocorreu na madrugada de quinta e de sexta-feira (Foto: Susan Hortas/PMS)

O Marco Rodoviário Santos-São Vicente, conhecido como monumento dos tambores, teve o trabalho de restauro concluído na madrugada desta sexta-feira (2).

De acordo com informações da Prefeitura de Santos, as sessões de restauro tiveram início na quarta-feira (28), com pintura do pedestal, e sequência na quinta-feira (1º), com a reposição dos tambores. Os serviços, nos dois dias, começaram às 21h e se estenderam até as 3 horas, horário de menor trânsito na via. 

Inaugurado em 1968

Inaugurado em 26 de janeiro de 1968, o monumento que indica os pontos cardeais e leva escrito o nome do então prefeito santista da época, Silvio Fernandes Lopes, ganhou sua primeira reforma em 1999. Mas, em março de 2017, a Secretaria de Cultura de Santos (Secult) retirou os tambores de lá, pois estavam corroídos e apresentavam risco de queda.

Segundo a pasta, os 21 novos tambores foram comprados com verba doada pelo Sindicato dos Petroleiros. Custaram aproximadamente R$ 3 mil.

A demora na reinstalação se deu porque a Secult consultou 63 empresas da região que trabalham com esse tipo de material, mas nenhuma estava em situação regular, o que atrasou a compra. Quando a empresa foi contratada, a primeira entrega foi feita com tambores menores, o que acarretou mais atraso, segundo a pasta.

Veja Mais