Mancha vermelha é vista no mar nas imediações de armazém no Porto

Resíduo que teria provocado a alteração na coloração da água ainda não foi identificado

13/02/2018 - 19:14 - Atualizado em 13/02/2018 - 19:14

Foto mostra mancha no mar nas imediações do Armazém 8, no Porto de Santos (Foto: Via Whatsapp)

Uma mancha vermelha foi vista no mar, nas imediações do Armazém 7, no cais santista, na tarde desta terça-feira (13). O tipo de resíduo que teria causado a alteração na coloração da água ainda não foi identificado.

De acordo com informações da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), o órgão foi informado de que o problema se originou em uma galeria pluvial, com saída para o mar, em frente ao Armazém 7.

A Tribuna On-line apurou que a mancha teria se dispersado rapidamente, se movendo até o Armazém 15, onde não foi mais vista. Por volta das 18h30, a substância não era mais vista. 

Por volta das 18h30, mancha já não era mais vista 
no cais santista (Foto: Divulgação/Ibama)

O tipo de resíduo que teria causado o fenômeno não foi identificado, mas, ainda de acordo com informações da Codesp, a coloração alterada não tem relação com operações no Porto de Santos. 

Coleta

De acordo com a agente ambiental federal do Instituto Brasileiro de Recursos Naturais Renováveis (Ibama) Ana Angélica Alabarce, o órgão está acompanhando o caso.

"Foi feita uma coleta que será levada para análise. Não era (uma mancha) oleosa e foi se desfazendo. Estamos fazendo um controle do local. Agora (por volta das 18h30), já não havia mais nada (nenhum resíduo visível) no mar", afirma a representante do Ibama.

Procurada pela Reportagem, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) afirmou que "não atendeu a nenhuma ocorrência de vazamento de produto químico no Porto" e está apurando a questão.

Em nota, a Prefeitura de Santos informa que "a área portuária é licenciada e fiscalizada pela Cetesb. A Secretaria do Meio Ambiente (Semam) mantém contato e aguarda informações".

Veja Mais