Santos tenta vencer time da parte de cima da tabela pela 1ª vez na era Cuca

Treinador garante que jejum contra times do topo do Brasileirão não incomoda

21/09/2018 - 18:10 - Atualizado em 21/09/2018 - 18:16

Cuca estima precisar de 55 pontos para brigar por vaga na Copa Libertadores (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Desde que colocou o time do Santos nos trilhos, o técnico Cuca ainda não conseguiu fazer a equipe vencer nenhum concorrente da parte de cima da tabela do Brasileirão. Foram três duelos - contra São Paulo, Grêmio e Atlético-MG - que resultaram em dois empates e uma derrota, respectivamente, além dos compromissos com o Cruzeiro pela Copa do Brasil, da qual o time acabou eliminado.

Domingo, às 19 horas, no Mineirão, o Peixe terá nova oportunidade. Desta vez diante do Cruzeiro, 7º colocado, com 34 pontos, dois a mais do que o Alvinegro, que está em 9º, com 32.

Mas esse 'jejum' não tem incomodado o treinador santista.

"Nós temos que continuar o nosso trabalho pensando na vaga da Copa Libertadores e vamos tentar até o último momento. Cada jogo tem uma importância. Não temos que pensar em tabu de não ganhar dos times de cima. Precisamos somar. Calculamos que necessitamos cerca de 55 pontos ou algo próximo disso sem saber do número de vagas que teremos ao final da competição", disse o técnico.

Este será o quarto encontro entre Santos e Cruzeiro na temporada. A equipe mineira leva ampla vantagem. Venceu duas e perdeu uma, mas, quando derrotada, conquistou a classificação às semifinais da Copa do Brasil nos pênaltis.

Em tese, o Peixe terá um adversário alternativo no Mineirão. Isso, no entanto, não é motivo para relaxamento, segundo o técnico.

"Temos que pensar no nosso momento. Às vezes nos enganamos. O elenco do Cruzeiro é forte. Tem jogadores do mesmo nível. Quando não joga um e ficamos feliz é o maior engano que podemos ter. Afinal, o reserva pode jogar melhor do que o titular. Penso no nosso momento, que é bom, e temos que continuar vivendo ele", completou.

Veja Mais