Santos se reúne com dirigentes do Barcelona para fazer cobrança milionária

Peixe busca receber quase R$ 20 milhões pela não-realização de amistoso entre os clubes

08/03/2018 - 19:12 - Atualizado em 08/03/2018 - 19:45

Presidente do Santos, Peres esteve com dirigentes do
Barcelona (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

O presidente do Santos, José Carlos Peres, se reuniu com dirigentes do Barcelona em São Paulo. No encontro, o dirigente do Peixe cobrou dos catalães 4,5 milhões de euros (cerca de R$ 18 milhões) pela não-realização do segundo amistoso entre os clubes, que estava previsto no contrato de venda de Neymar ao time espanhol. A informação foi revelada pelo site Gazeta Esportiva.

A reunião ocorreu em um hotel de luxo nos Jardins, na zona Oeste da capital. O tom foi ameno. A tendência é de que haja novas conversas para que se chegue a um acordo.

Nos últimos anos, Santos e Barcelona colecionaram desentendimentos. O Peixe, na gestão de Modesto Roma Júnior, entrou com uma ação na Fifa por supostas irregularidades na negociação que levou Neymar ao Camp Nou em 2013. Depois, os catalães depositaram em juízo uma quantia que deveria ter sido repassada ao Peixe por conta de o ex-Menino da Vila ter sido finalista do prêmio Bola de Ouro, da Fifa.

Veja Mais