Santos pode alcançar marca histórica no clássico contra o São Paulo

Time de Cuca pode ser o primeiro, em 106 anos, a permanecer oito compromissos sem ser vazado

12/09/2018 - 20:24 - Atualizado em 12/09/2018 - 22:26

Gustavo Henrique destacou o trabalho de Cuca com o sistema defensivo (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

O clássico de domingo (16), na Vila Belmiro, contra o São Paulo, vale mais do que três pontos na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro para o time do Santos. Invicta há oito jogos e sem sofrer gols há sete, a equipe de Cuca pode entrar para a rica história alvinegra como a primeira, em 106 anos de existência do clube, a permanecer oito compromissos sem ser vazada.

O time de 2018 já está empatado com o de 1955. Naquele ano, a defesa alvinegra ficou intransponível de 19 de junho a 3 de agosto. Nesta temporada, o sistema defensivo do Santos não é vazado desde 15 de agosto, na vitória por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, em Belo Horizonte, pela Copa do Brasil. De lá para cá, os adversários foram Independiente (duas vezes pelas oitavas de final da Libertadores), Sport, Bahia, Vasco, Grêmio e Paraná.

Presente em todos os jogos da série intacta, o zagueiro Gustavo Henrique disse estar muito contente com momento e creditou o sucesso do setor ao técnico Cuca.

"(Cuca) É um treinador que tem muita bagagem. Conquistou o grupo e chegou com a filosofia totalmente diferente da do Jair. Jair é um grande profissional, mas cada um tem seu estilo. Cuca foi mais na conversa, não tivemos tempo para trabalhar. Colocou na nossa cabeça que era preciso marcar desde os atacantes até os zagueiros. Isso nos ajudou demais”, disse Gustavo Henrique.

"Ficar sete jogos sem perder é muito difícil, quem dirá sem tomar gol. Então, isso é muito gratificante. Creio que a eficiência do sistema defensivo deveria ser mais reconhecida. E não falo só no Santos, mas no futebol no brasileiro mesmo. Em todo caso, fico muito feliz por isso que estamos vivendo", acrescentou o defensor, que, com 16 partidas, é o atleta do setor alvinegro com mais jogos neste Campeonato Brasileiro. 

Gustavo Henrique, aliás, tem boa parcela de contribuição na boa fase do Peixe. E os números comprovam isso. Ao longo do Campeonato Brasileiro, o Santos tem média de 44% de aproveitamento. Com o zagueiro em campo essa média sobe para 60%.

Vanderlei na história

Vale ressaltar que ao final da vitória por 2 a 0 sobre o Paraná, domingo, no Durival Britto, o goleiro Vanderlei atingiu a marca de 746 minutos sem ser vazado. É a maior marca de um jogador da posição na história do clube, superando os 691 minutos de Fábio Costa.

LEIA MAIS

<