Presidente do Santos analisa três nomes para ocupar o cargo de executivo de futebol

José Carlos Peres garante que o futuro cartola será uma pessoa com experiência na área

14/09/2018 - 09:58 - Atualizado em 14/09/2018 - 10:04

Peres afirmou que o Santos não vai atrás de alguém empregado (Foto: Irandy Ribas/AT)

O Santos avalia três nomes para exercer a função de executivo de futebol, vago desde a saída de Ricardo Gomes, contratado no último dia 5 para ser manager no Bordeaux, da França. O cargo  será preenchido por algum profissional identificado com o clube, segundo o presidente José Carlos Peres.
 

De acordo com o mandatário, o Peixe não irá buscar alguém empregado. Porém, ele garante que o futuro cartola será uma pessoa com experiência na área. 


“Estamos analisando esses três nomes. São todos aqui de Santos, mas não se trata só de ex-jogadores com história no clube. Temos bons profissionais aqui. Não queremos gastar uma grana alta tirando alguém que esteja empregado, por isso essa decisão de escolher alguém vinculado ao Santos”, detalhou Peres. 


Questionado se a confirmação só seria oficializada após a assembleia geral do próximo dia 29, o presidente alvinegro negou e disse que o anúncio pode ocorrer na próxima semana. “Creio que nos próximos dias a gente já consiga fazer essa apresentação. Vamos anunciá-lo numa entrevista coletiva. Já estamos com tudo bem adiantado”. 


Multa


Enquanto não oficializa o novo executivo de futebol, o Santos aguarda o pagamento da multa rescisória de Ricardo Gomes, no valor de R$ 750 mil. Conforme o apurado por A Tribuna, o agora manager do Bordeaux tem até dez dias após o rompimento do contrato com o Peixe para depositar a quantia. Assim, o prazo se esgota neste sábado (15). 


O mandatário santista confirmou à Reportagem que o clube francês entrou em contato com ele, e aquilo que consta no contrato deve ser respeitado. O pagamento seria feito pelo próprio Bordeaux.

Veja Mais