Modesto Roma desafia empresário de Rodrygo a apresentar proposta

Dirigente não revela, mas seria do Liverpool, e ameaça denunciar clube por assédio

19/06/2017 - 20:40 - Atualizado em 19/06/2017 - 20:45
Modesto Roma Júnior diz que não tem pressa para ouvir resposta de Lucas Lima sobre renovação (Foto: Irandy Ribas)

O presidente Modesto Roma Júnior desafia Nick Arcuri, empresário de Rodrygo, a apresentar a oferta do Liverpool que possui. E ameaça denunciar o clube inglês por assédio. O jogador, de 16 anos, foi barrado da equipe sub-17 há dois jogos. O motivo é a insatisfação dos dirigentes com as negociações do primeiro contrato profissional do atleta.

"Continuo esperando o empresário entregar documento. Ele disse que tem proposta. Se ele tem, o clube que fez a proposta assediou. E será denunciado à FIFA. Eu não vi nada. É a proposta saci-pererê, mula sem cabeça. Todos dizem que tem, mas ninguém viu", explica o mandatário santista, em meio às comemorações do Dia Modesto Roma, ocorrido na noite desta segunda-feira (19), na Vila Belmiro.

Antes mesmo de Rodrygo completar 16 anos, o que aconteceu em janeiro de 2017, o Peixe já tentava costurar o acordo com a família e os representantes do atacante, mas sem sucesso. No entanto, as conversas se arrastaram por meses.

Os pedidos do estafe da joia pesaram para a negociação travar. Os representantes querem, entre outras coisas, um plano de carreira, aumentos salariais anuais e bonificações. Também argumentam que o atleta tem proposta do Liverpool, da Inglaterra. 

Idas e vindas

Falando em proposta, Modesto nega que haja alguma por Thiago Maia e lembra que tem até 31 de agosto para definir a situação - é a data em que fecha a janela de transferências. O volante interessaria à Inter de Milão por 14 milhões de euros (cerca de R$ 51 milhões).

"Não (vai embora). A não ser que tenha proposta boa para ele e o Santos", afirma o dirigente. "Não sei (se venderia por este valor). Vamos discutir. Deixemos o se para lá. Se eu falar sim ou não, acabei com todas as outras respostas", emenda.

A mesma despreocupação Modesto mostra ao falar da situação de Lucas Lima. O contrato com o meia termina em 31 de dezembro. Após o empate sem gols contra a Ponte Preta, no sábado, o jogador disse que ainda não se decidiu e que não iria mais falar a respeito com a imprensa.

"A proposta é muito boa. A decisão é dele e do pai dele. Vamos ver. Não respondeu. Se tivesse respondido, ou fechava ou contrato ou encerrava as negociações. Vocês esperam resposta rápida. Eu não tenho pressa. Tenho até 31 de dezembro", comenta o presidente.

Geuvânio

Modesto Roma Júnior revelou que telefonou para Eduardo Bandeira de Mello, mandatário do Flamengo, alertando a respeito da cláusula a respeito de Geuvânio. O jogador apareceu nas redes sociais vestindo a camisa 23 do Rubro-Negro, em fotos que vazaram na internet.

"O Santos vai cumprir os caminhos jurídicos para cumprimento de contrato. Eu liguei para o Bandeira alertando da cláusula. Só isso. Ele ficou de estudar. Departamento jurídico vai decidir qual instância. A princípio, é FIFA", ressaltou o dirigente santista. 

Veja Mais