Levir prevê que Santos saberá suprir possíveis perdas de atletas

Comandante lembrou que muitas vezes o clube não tem como segurar um jogador

17/07/2017 - 12:26 - Atualizado em 17/07/2017 - 12:37

Levir sabe que é difícil segurar alguns atletas
(Foto: Alexander Ferraz/AT)

Depois de o Santos empatar por 0 a 0 com o Vasco, no último domingo, no Engenhão, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Levir Culpi admitiu que o time poderá perder novos jogadores de seu elenco nesta janela de transferências internacionais, mas ressaltou que aposta que a equipe saberá suprir estas possíveis ausências na continuidade de sua temporada.

O comandante lembrou que muitas vezes o clube não tem como segurar um atleta e que a possível venda de um ou outro nome pode ser benéfica, pois garantirá a vinda de uma receita importante para a manutenção de outros jogadores e para a própria contratação de possíveis reforços.

O Santos acabou não contando no último domingo com o volante Thiago Maia, que ficou fora da lista de relacionados para o confronto diante dos vascaínos e pode estar prestes a ser oficializado como novo reforço do Lille, da França. O clube brasileiro recebeu uma oferta milionária pelo atleta e as negociações entre as partes estão avançadas. Assim, a comissão técnica optou por não levá-lo para o jogo no Rio para que o jogador possa resolver a sua situação.

"Às vezes uma venda dessas equilibra tudo (as finanças). O Santos tem um time com um elenco bom e que pode se refazer da saída de um ou dois jogadores. A gente vai sofrer um pouco, mas isso faz parte. Não tem jeito", admitiu o comandante, em entrevista coletiva, na qual em seguida enfatizou que é importante que essas negociações ocorram desde que rendam um bom dinheiro ao Santos.

E essas quantias em alto valor também são vistas por Levir como determinantes para que o clube se desfaça de alguns jogadores do seu elenco. "Se coloca no lugar do atleta, do clube e um dinheiro tão grande. Quase todos os clubes estão com problemas financeiros", lembrou Levir, assegurando também que não houve promessa da diretoria do Santos de que iria segurar todos os jogadores do atual elenco nesta janela de transferências.

Ainda sem saber como ficará o seu elenco para a continuidade da temporada, o treinador agora vai iniciar a preparação do Santos para o jogo contra a Chapecoense, quarta-feira, às 19h30, na Vila Belmiro, pela 15ª rodada do Brasileirão. O time santista ocupa a terceira posição da tabela, com 24 pontos, e precisa vencer para se aproximar do vice-líder Grêmio, que chegou aos 28 pontos ao bater a Ponte Preta por 3 a 1, no último domingo, em Porto Alegre.

Veja Mais