Laterais do Santos têm contribuído menos para gols em 2017

Comparado com a temporada passada, alas foram mais efetivos em assistências do que neste ano

10/11/2017 - 20:16 - Atualizado em 10/11/2017 - 20:25

Por dois anos seguidos, Ferraz é o lateral que mais dá assistências, mas efetividade caiu (Foto: Ivan Storti/SFC)

As laterais do Santos já deram mais alegrias ao torcedor do que vêm dando atualmente. Não necessariamente pelo afastamento de Zeca ou pelas poucas opções que Elano tem no setor, mas sim no quesito passes para gol. A quantidade de assistências caiu neste ano se comparada ao ano de 2016.

Dos 86 gols anotados em 2017, apenas cinco tiveram participação dos alas, foram eles: Victor Ferraz (3 passes), Zeca (1 passe) e Daniel Guedes (1 passe). Caju, Orinho e Matheus Ribeiro, outras opções do setor, estão zerados.

Já em 2016, o Peixe balançou as redes adversárias 111 vezes. Destes gols, os laterais tiveram participação em nove. Destaque para o camisa 4, que era muito mais letal quando chegava à linha de fundo: Victor Ferraz (5 passes), Zeca (2 passes) e Caju (2 passes). 

Tem explicação?

Sob o comando de Dorival Júnior, que dirigiu o Alvinegro nos anos de 2015, 2016 e em parte desta temporada, a equipe era incentivada a usar muito as jogadas de linha de fundo. Como mantinha mais a bola nos pés e buscava sair jogando sem chutões, os laterais eram muito acionados para conduzirem a bola até o ataque, tabelando com os meio-campistas e chegando até a linha de fundo para cruzamentos.

Já sob o comando do ex-técnico Levir Culpi o Peixe mudou um pouco a postura. Ao invés de tentar controlar o jogo com posse de bola e usando triangulações pelas laterais, o time era instruído a apostar em lançamentos longos e contra-ataques. Com isso, os alas ficavam um pouco mais presos, com foco na marcação.

Resta saber qual postura o interino Elano está querendo adotar até o fim da temporada. Para suprir a ausência do suspenso Bruno Henrique e ao mesmo tempo aproveitar mais um ala que tem capacidade dar assistências, o atual comandante pode utilizar Victor Ferraz na armação de jogadas no duelo contra a Chapecoense, na segunda-feira (13), às 20 horas, na Arena Condá, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

Veja Mais