Jair Ventura não é mais técnico do Santos

Treinador, que já vinha pressionado, não resistiu ao empate com a Chapecoense

23/07/2018 - 14:05 - Atualizado em 23/07/2018 - 16:40

Jair tinha cerca de 20% de aproveitamento como visitante no Brasileirão (Foto:Ale Cabral/Código 19/Folhapress)

Jair Ventura não é mais técnico do Santos. Após o empate em 0 a 0 com a Chapecoense, domingo, em Chapecó, resultado que manteve o time na 15ª posição, próximo à zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, a diretoria resolveu demiti-lo.

Em seu site oficial, o clube alega que “a direção do Santos Futebol Clube comunica que Jair Ventura não é mais treinador da equipe profissional. O clube agradece o profissionalismo do técnico durante o tempo em que aqui esteve no comando do Peixe”.

Contratado em janeiro, Jair nunca conseguiu fazer o Santos jogar bem. Eliminado nas semifinais do Paulista, ele se apegava à classificação às quartas de final da Copa do Brasil e às oitavas da Libertadores para defender seu trabalho. Mas a falta de evolução do time, que raramente apresentou bom futebol, foi determinante.

Nesta quarta-feira (25), às 21h45, na Vila Belmiro, contra o Flamengo, a equipe será comandada, de forma interina, pelo auxiliar Serginho Chulapa. O duelo é válido pelo Campeonato Brasileiro.

O substituto de Jair Ventura ainda não está definido, mas um nome surge com mais força: Zé Ricardo. Ex-Flamengo e Vasco, ele era o preferido do presidente José Carlos Peres no começo do ano, mas, à época, a negociação não avançou e o Santos trouxe Jair Ventura do Botafogo. Agora, Zé Ricardo está sem clube, o que pode facilitar as conversas.

Veja Mais