Jair cita resultados e diz que, por ele, não correria risco de deixar o Santos

Trabalho do treinador será avaliado pela diretoria nesta quinta-feira (14)

13/06/2018 - 22:26 - Atualizado em 13/06/2018 - 23:01

Santos de Jair Ventura venceu o Fluminense nesta 
quarta (Foto: Fernando Degaspari/AT)

Após vitória do Santos sobre o Fluminense, o técnico Jair Ventura reafirmou que não vai pedir demissão, apesar da pressão que sofre. O treinador citou os resultados do time sob seu comando e afirmou que, por ele, não correria risco de deixar o Peixe. O trabalho do profissional, que pode ser demitido, será avaliado nesta quinta-feira (14).

"Por mim, eu estaria garantido sempre. Não cabe à minha pessoa. Sabemos como é o futebol. Classificados na Libertadores, classificados na Copa do Brasil com goleada. No Brasileiro, só não enxerga quem não quer que esse não é o lugar do Santos. Sabemos que o Santos não vai brigar embaixo pela qualidade do elenco e pela camisa pesada que tem. É um momento que está passando, e espero que a gente possa disputar forte as grandes competições do Brasil", declarou Jair.

O técnico do Santos afirmou ainda que está preparado para ligar com o momento delicado. "É a situação de todos os treinadores do Brasil. Eu me preparei bastante para isso. Tento fazer o mesmo e ser a mesma pessoa sempre. A minha permanência não depende de mim. Não vou pedir demissão. Sigo fazendo o meu melhor. Quando a bola entra, as coisas aliviam um pouco para a vida do treinador".

Veja Mais