Cuca não vê clássico como divisor de águas e comemora jogo na Vila

Técnico destacou que a pressão no estádio santista é maior que no Pacaembu

14/09/2018 - 18:31 - Atualizado em 14/09/2018 - 18:37

Para Cuca, nenhum resultado será uma catástrofe dentro do clássico (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

À frente do Santos em 12 partidas, o técnico Cuca terá neste domingo (16) o seu primeiro clássico. O duelo será às 16 horas, contra o São Paulo, na Vila Belmiro. O Tricolor é vice-líder do Campeonato Brasileiro, com 49 pontos, atrás do Internacional apenas no saldo de gols (18 a 17). O Peixe é o 8º colocado com 31 pontos e luta para buscar  vaga na próxima Libertadores. Será também o primeiro clássico estadual do ano no estádio alvinegro.

Apesar do momento do Santos, invicto há oito jogos, o técnico santista sabe das dificuldades que irá encontrar  e entende que, independentemente do resultado, o Peixe seguirá firme na busca por uma vaga na competição sul-americana e o São Paulo irá continuar disputando a ponta da tabela com o Inter.

"Não vejo o jogo como divisor de águas nem para nós e nem para o São Paulo. Nenhum resultado vai ser uma catástrofe. Os dois continuarão lutando por suas necessidades, cada um na sua. O São Paulo buscando o título, e nós a Libertadores. Outros foram mais divisores. É clássico, jogo importantíssimo, mas as coisas continuarão no mesmo ritmo. Estamos no caminho certo. É construção do trabalho, confiança voltando, e cada jogo é um teste”.

O comandante santista também se mostrou satisfeito por encarar o rival dentro de casa. Cuca concorda com a realização de algumas partidas no Pacaembu, mas não esconde que prefere jogar na Vila Belmiro.

“Eu prefiro a Vila Belmiro. Não tem viagem. Sei que cabe mais gente no Pacaembu, mas a pressão aqui é maior. O pessoal (os jogadores) está acostumado. Temos que jogar no Pacaembu para premiar a grande torcida, mas prefiro jogar aqui (na Vila Belmiro)”, completou o treinador.

Veja Mais