Calabres treina com os profissionais pela primeira vez e ganha elogios

Destaque da Copa São Paulo de 2016, jogador foi elogiado pelos profissionais do Peixe

08/02/2018 - 12:00 - Atualizado em 08/02/2018 - 12:21

Calabres já sobe para o profissional com moral (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Os treinadores Aarão Alves e Kleiton Lima, que já comandaram o meia Gabriel Calabres no Santos, rasgam elogios ao garoto, destaque santista na Copa São Paulo e que ontem fez seu primeiro treino entre os profissionais. 

“Ele tem o estilo do Paulinho, da Seleção. É um cara que ajuda o sistema defensivo, mas tem força para chegar na área, velocidade e bom cabeceio”, diz Kleiton Lima comparando o meia do Santos com o do Barça.

Embora tenha chamado a atenção na Copinha, Calabres jogou mais de um ano no Santos B, à época comandado por Kleiton Lima. Copa Paulista e Brasileiro de Aspirantes foram algumas das competições disputadas por ele nesse período.

Ele propõe muito o jogo, além de ter um bom poder de finalização. Você consegue usar o Calabres em várias funções do meio do campo”, completa Aarão Alves, ex-técnico do sub-20 do Santos, que parou nas quartas de final da Copinha.

Calabres tem 19 anos e chegou ao Santos em 2017, vindo do São Carlos. Jogou a maior parte do tempo no time B, mas como o sub-20 perdeu seis jogadores para o elenco profissional antes da Copinha, Aarão pediu que ele reforçasse seu time na competição.

múltiplas funções

O meio de campo é um dos setores carentes no Santos. Desde que assumiu o comando do clube, no início do ano, a diretoria tem falado na contratação de um volante para reforçar o elenco. Hudson, do São Paulo, foi um dos nomes especulados.

Um armador é outro problema que os dirigentes tentam resolver desde que Lucas Lima avisou que não renovaria contrato, ainda no ano passado. “Ele tem bom chute, altura e porte físico adequado. Acho que ele é um 8 moderno, não só de armação, mas de ataque também”, define Kleiton.

Calabres já foi observado por treinadores do time profissional do Santos em outras ocasiões, como Dorival Junior, Levir Culpi e Elano. Na época de Dorival, o Santos treinava com o time principal a cada 15 dias. Em outras ocasiões, Calabres era requisitado por esses treinadores para completar o elenco principal em treinos.

Aarão e Kleyton elogiaram a maturidade do jogador e o definiram como um atleta de boa cabeça, que gosta de treinar. 

Segundo Aarão, o técnico Jair Ventura já está a par das qualidades do garoto. Os dois tiveram uma conversa sobre os novos meninos da Vila antes de ele ser desligado do clube. 

“Ele (Jair) perguntou sobre características. Enfim, coisas que qualquer pessoa pergunta. Ainda mais quem não tem um conhecimento tão grande sobre os atletas com quem vai trabalhar”, lembrou Aarão. 

“Com certeza vai chamar a atenção do futebol estrangeiro, porque ele tem força e pulmão”, prevê Kleiton.

Veja Mais