Após cinco apostas, Bryan chega como solução para a meia do Santos

Clube e jogador chegaram a um acerto depois da Copa do Mundo da Rússia

11/07/2018 - 16:12 - Atualizado em 11/07/2018 - 20:14

Bryan Ruiz fechou contrato até 2020
(Getty Images)

Bryan Ruiz será o sexto jogador na temporada a "vestir a camisa 10" do Santos. O costarriquenho de 32 anos, com passagens pela Europa e duas Copas do Mundo na bagagem, chega com a responsabilidade de acertar o meio-campo do time.

Antes dele, Vecchio, Jean Mota, Léo Cittadini, Diogo Vitor e Vitor Bueno já desempenharam a função de armador da equipe. Nenhum deles, entretanto, agradou plenamente a torcida e o técnico Jair Ventura.

O treinador chegou a armar o time com quatro atacantes (Arthur Gomes, Rodrygo, Eduardo Sasha e Gabriel) e fazer com que um deles desempenhasse esse papel, atuando pelo meio, um pouco mais recuado.

Na segunda partida da semi-final do Campeonato Paulista, contra o Palmeiras, a estratégia chegou a dar certo e o time venceu por 2 a 1.

Até mesmo os laterais Dodô e Victor Ferraz foram sondados pela imprensa para atuar como meias, eles admitiram a possibilidade, mas Jair nunca colocou a ideia em prática.

Depois de um namoro que começou em maio, Bryan Ruiz foi anunciado oficialmente pelo Peixe na tarde desta quarta-feira (11). Por ele, o clube abriu mão do teto salarial que é de R$ 300 mil.

Veja Mais