Guarda Ambiental de Praia Grande apreende 51 hastes de palmito juçara

Extração ilegal foi descoberta após denúncia anônima, na noite de domingo (25)

26/02/2018 - 11:56 - Atualizado em 26/02/2018 - 13:24

Produtos estavam às margens da trilha de acesso ao Parque Estadual da Serra do Mar (Foto: Divulgação/PMPG)

Extraídas ilegalmente em uma área que dá acesso ao Parque Estadual da Serra do Mar, 51 hastes de palmito juçara foram apreendidas na noite de domingo (25) pela Guarda Ambiental de Praia Grande, que integra a Guarda Civil Municipal.

De acordo com a Administração Municipal, apesar do flagrante, os autores do crime ambiental não foram localizados.

O inspetor do grupamento, Fábio Marques, explicou que a descoberta foi feita após denúncia, que levou uma equipe da Guarda Ambiental ao final da Rua Wilson de Oliveira, no Bairro Melvi, encontrando os produtos escondidos às margens da trilha de acesso ao Parque Estadual da Serra do Mar. “Provavelmente, fizeram a extração durante o dia e removeriam ao amanhecer”.

Ainda de acordo com Marques, a extração desta espécie é crime e, pelo montante apreendido, o valor da multa chegaria a R$ 51 mil. O palmito Juçara é uma palmeira nativa da Mata Atlântica e está ameaçada de extinção.

Veja Mais