SPU libera obras de dragagem do Canal de Piaçaguera

Paralisação dos trabalhos havia sido determinada pelo órgão na última terça-feira

28/10/2017 - 15:26 - Atualizado em 28/10/2017 - 15:50

Obras no Canal são realizadas para melhorar o acesso aos terminais da região (Foto: Carlos Nogueira/AT)

A Secretaria de Patrimônio da União (SPU) autorizou ontem a retomada da dragagem do Canal de Piaçaguera, no Largo do Casqueiro, no Porto de Santos. A paralisação dos trabalhos havia sido determinada pelo órgão na última terça-feira, a partir da representação do coordenador do Conselho Diretor da organização não-governamental Associação de Combate aos Poluentes, Jeffer Castelo Branco.

O Canal de Piaçaguera passa por uma dragagem para melhorar o acesso de embarcações ao Terminal Integrador Portuário Luiz Antonio Mesquita (Tiplam), instalação da VLI localizada nessa via náutica, no Porto de Santos. A empresa coordena a obra e trabalha na construção de cavas subaquáticas onde estão sendo depositados sedimentos contaminados dragados na região.

A ordem de liberação dos trabalhos foi emitida ontem pelo superintendente do Patrimônio da União em São Paulo, Robson Tuma. Em seu despacho, ele cita “os razoáveis argumentos verificados na imediata resposta” da VLI à notificação da suspensão e documentos apresentados pela empresa. Também determinou o prazo de cinco dias úteis para a companhia apresentar “documentos complementares”.

Na notificação de suspensão, a SPU tinha destacado que obras estavam sendo realizadas no local sem a autorização do órgão. 

Nesta sexta-feira (27), em nota, a VLI informou que protocolou no órgão, na última quinta-feira, esclarecimentos sobre o projeto e requereu a reconsidera-ção do embargo, sendo atendida em seu pleito. E reiterou “que o método de confinamento de sedimentos em cava subaquática encontra-se devidamente aprovado por todos os órgãos competentes e apresenta-se como a melhor solução para a dragagem do Canal de Piaçaguera”.

Veja Mais