Passaro decide deixar presidência da Brasil Terminal Portuário

Segundo fontes, decisão partiu do próprio Passaro, executivo com experiência mundial

11/10/2018 - 13:30 - Atualizado em 11/10/2018 - 13:39

Executivo (esq) participou da Santos Export 2018 (Foto: Carlos Nogueira/AT)

Maior terminal de contêineres da América do Sul, a BTP (sigla de Brasil Terminal Portuário) terá um novo diretor-presidente a partir do próximo ano. Após quatro anos e meio à frente da operadora, o executivo Antonio Passaro deixará a empresa em 31 de dezembro deste ano. A informação, obtida com exclusividade por A Tribuna, foi confirmada pela companhia no início da tarde dessa quarta-feira (10).

Segundo fontes ligadas à operadora, a decisão partiu do próprio Passaro, executivo uruguaio com experiência na gestão de terminais na Europa, na Ásia, na África e em outros países da América do Sul, e foi oficializada há poucos dias. Os acionistas da BTP procuram um sucessor.

Em nota, a BTP confirmou que seu diretor-presidente “decidiu, em conjunto com o Conselho de Administração da BTP, encerrar seu ciclo de gestão à frente da companhia em 31 de dezembro de 2018”. E complementou que os acionistas – a Terminal Investment Limited (TIL, do mesmo grupo que controla a armadora MSC) e a APM Terminals (do Grupo Maersk) – “já estão em processo de seleção do sucessor do dr. Antonio Passaro, que fará a transição de comando da empresa para o novo CEO”.

O executivo está à frente do BTP desde julho de 2014 e se tornou, nesse período, uma das principais lideranças empresariais do setor.

Veja Mais