Leilão da Aduana termina com arrecadação de R$ 3,5 milhões

Este foi o segundo leilão organizado pela autoridade portuária em 2017

20/04/2017 - 15:19 - Atualizado em 20/04/2017 - 15:28

Nenhum dos carros colocados à disposição receberam propostas (Foto: Carlos Nogueira/A Tribuna)

A Alfândega do Porto de Santos arrecadou R$ 3,5 milhões no leilão eletrônico de mercadorias apreendidas que realizou na última quarta-feira (19). Segundo a autoridade portuária, Dos 300 lotes oferecidos, apenas 95 foram arrematados e dois foram retirados da sessão.

O montante de R$ 3.5 milhoes arrecadados foi inferior a obtida na primeira sessão do ano, realizada em fevereiro, que contou com o mesmo número de lotes e arrecadou R$ 14,7 milhões.

 O lote de maior ágio (diferença entre o lance mínimo e o valor final de arremate) foi o de número 14, composto por peças íntimas femininas (espartilhos) de tamanhos e modelos diversos. O lance inicial era de R$ 2,4 mil, mas o carregamento foi vendido por R$ 9,6 mil, um ágil de 300%. 

Nenhum dos três veículos oferecidos despertou o interesse dos participantes. Eles devem ser oferecidos em um próximo leilão.

Se nenhum carro foi vendido, o mesmo não podemos dizer dos instrumentos músicais. Os três objetos do tipo colocados à disposição foram vendidos. O que obteve o maior àgio dentre eles foi o contrabaixo elétrico da marca Fender, que estava no lote 139. O instrumento tinha o valor mínimo de R$ 1.470,00 e foi vendido por R$2,6 mil.

 Ainda de acordo com a Aduana, foram registrados no sistema a participação de 77 proponentes, sendo que após a classificação e ordenação das propostas foram habilitados 55 licitantes para participação na "fase de lances".  

Veja Mais