Grupo que debaterá dragagem será criado nesta quarta-feira

A informação é do vice-líder do Governo na Câmara, deputado federal Beto Mansur

31/10/2017 - 13:50 - Atualizado em 31/10/2017 - 14:01

 Grupo analisará a proposta de empresários do complexo marítimo (Foto: Carlos Nogueira/AT)

O Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil criará, nesta quarta-feira (01), o grupo de trabalho que debaterá a concessão da gestão da dragagem do Porto de Santos à iniciativa privada. A informação é do vice-líder do Governo na Câmara, deputado federal Beto Mansur (PRB-SP). 

Segundo o parlamentar, a portaria instituindo a equipe será assinada pelo titular da pasta, Maurício Quintella.

O grupo analisará a proposta de empresários do complexo marítimo, que prevê a criação de um consórcio formado por arrendatários, operadores portuários, terminais privados e, possivelmente, a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp, a Autoridade Portuária), para administrar a dragagem e garantir uma maior celeridade na contratação do serviço. 

A nova empresa pode ser uma Sociedade de Propósito Específico sem fins lucrativos. Como remuneração, ela pode receber parte da tarifa destinada à manutenção dos acessos aquaviários do complexo.

A concessão é defendida pelo ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, que apoiou a ideia em reunião com empresários do setor organizada por A Tribuna no ano passado.

Veja Mais