Cutrale é multada em R$ 125 mil por vazamento de amônia em Santos

Acidente ocorreu no último dia 9. A sanção foi aplicada pela Cetesb

19/06/2017 - 11:23 - Atualizado em 19/06/2017 - 11:37

A Cutrale foi multada em R$ 125 mil pelo vazamento de gás de amônia que ocorreu no último dia 9 na unidade da empresa no Macuco, em Santos. A sanção foi aplicada pela Companhia Ambiental do Estado De São Paulo (Cetesb) na manhã desta segunda-feira (19).

O valor, segundo informações da Cetesb, é 5.001 vezes o valor da UFESP (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo).

Defesa Civil, Bombeiros e Cetesb estiveram no local do vazamento (Foto: Carlos Nogueira/AT)

O acidente teria começado após um problema no manômetro, instrumento que serve para medir pressão em processos industriais.

O cheiro da substância foi sentido por vários munícipes que moram nas imediações da empresa, que acionaram o Corpo de Bombeiros. Alguns moradores, inclusive, precisaram de atendimento médico por conta de irritação na garganta.

Na ocasião, a Cetesb informou que "foi pequena a quantidade de produto vazado". 

Veja Mais