Zelador é morto a tiros no Solemar, em Praia Grande

A vítima foi atingida na região abdominal, sendo levada ao Pronto-Socorro Vera Cruz

11/10/2017 - 18:46 - Atualizado em 11/10/2017 - 18:53

O zelador Rodrigo Borghi Fernandes, de 29 anos, foi morto a tiros no início da madrugada desta quarta-feira (11), em Praia Grande, pelo suposto ocupante de uma moto vermelha.

O homicídio aconteceu na Rua Azurita, em Solemar II, nas imediações da casa de Rodrigo, que já cumpri pena de cinco anos e dez meses de reclusão por tráfico de drogas.

A vítima foi atingida na região abdominal, sendo levada ao Pronto-Socorro Vera Cruz, no município vizinho de Mongaguá, onde faleceu. O assassino fugiu sem ser identificado.

Quando policiais militares chegaram ao local do homicídio, Rodrigo já havia sido socorrido. No pronto-socorro, eles conversaram com um irmão do jovem, que pouco soube informar sobre o ocorrido.

De acordo com o irmão, ele caminhava pela Rua Azurita, quando viu a bicicleta de Rodrigo caída no chão e diversos populares, que lhe contaram sobre os disparos efetuados contra a vítima.

O zelador já havia sido socorrido e os populares apenas lhe disseram que uma moto vermelha passou por Rodrigo e o piloto atirou na vítima. A placa do veículo não foi anotada, sendo o homicídio registrado pelo delegado Flávio Goda Magário.

Guarujá

Durante patrulhamento pela Rua Manoel da Cruz Michael, na Vila Santa Rosa, às 2 horas desta quarta-feira (11), três policiais militares foram recebidos a tiros por marginais que estavam no final de um beco. Ninguém foi preso ou ficou ferido.

Segundo os PMs, eles viram um homem carregando uma mochila em direção ao beco e desembarcaram da viatura para abordá-lo. Neste momento, os policiais avistaram os outros marginais, que atiraram.

Os PMs disseram que não revidaram os disparos. O suspeito com a mochila e os autores dos tiros escaparam em seguida. A tentativa de homicídio foi comunicada à equipe do delegado Caio Azevedo de Menezes. 

Veja Mais