Visitantes de CPP de Mongaguá são flagradas com cocaína

Mulheres levavam a droga no ânus e foram descobertas com o uso de scanner

16/07/2018 - 12:57 - Atualizado em 16/07/2018 - 12:58

Na manhã de sábado, total de droga apreendida pela SAP
chegou a 350 gramas (Foto: Divulgação/SAP)

Agentes que atuam no Centro de Progressão Penitenciária "Dr. Rubens Aleixo Sendin", em Mongaguá, interceptaram a entrada de duas mulheres que carregavam porções de cocaína no ânus. Ao todo, foram apreendidos 350 gramas do entorpecente na manhã de sábado (14).

De acordo com informações da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), as visitantes foram surpreendidas ao serem submetidas ao procedimento de revista pelo aparelho de escaneamento corporal. As servidoras perceberam algo estranho na região pélvica das suspeitas pelas imagens colhidas pelo scanner.

A primeira apreensão ocorreu por volta das 9 horas, quando a visitante de 28 anos foi flagrada com 215 gramas de cocaína. Mais tarde, uma jovem de 25 anos foi surpreendida com 135 gramas do entorpecente. 

Ainda segundo a SAP, os invólucros foram retirados espontaneamente pelas visitantes e ambas afirmaram que traziam a droga a pedido de seus companheiros, detentos na unidade prisional.

As duas mulheres foram encaminhadas à delegacia, além de terem seus nomes suspensos do rol de visitas da SAP. 

A direção do CPP de Mongaguá registrou Boletim de Ocorrência, enviou comunicado para a Vara de Execuções Criminais, e instaurou Procedimento Disciplinar Apuratório.

Veja Mais