Turistas têm pertences e cachorro furtados em Itanhaém

Família de São Paulo estava na praia quando ladrões invadiram casa de veraneio no Verde Mar

13/02/2018 - 21:14 - Atualizado em 13/02/2018 - 21:14

O tão sonhado feriadão prolongado de Carnaval acabou como um pesadelo para uma família de São Paulo que se hospedou em uma casa de veraneio no Verde Mar, em Itanhaém. Enquanto eles aproveitavam a praia, criminosos invadiram a residência e levaram tudo, até um cachorrinho de estimação dos turistas.

O Tuba, da raça Yorkshire, estava na casa. A ação dos bandidos aconteceu na segunda-feira (12) de Carnaval, entre 13 e 17 horas. Eles aproveitaram que as vítimas foram para a praia, que fica a uma quadra e meia da residência que a família alugou para o feriado. 

Além do bichinho de estimação, os bandidos levaram um veículo modelo 307, da Peugeot, uma moto CG 150 Titan, da Honda, cinco telefones celulares, toda a bagagem dos turistas e documentos diversos.

A situação só não foi pior porque o carro de passeio da família, que mora na Zona Norte de São Paulo, foi encontrado na manhã desta terça-feira (13), por agentes da Polícia Militar, em Praia Grande. O veículo estava em perfeito estado. Nenhum outro objeto foi encontrado.

Tuba, o cãozinho de estimação da família, foi levado por bandidos durante assalto (Foto: Arquivo Pessoal)

A ação

Os turistas foram para a praia por volta das 13 horas. Lá eles ficaram até por volta das 17 horas. Quando chegaram na casa de veraneio, perceberam que a corrente do portão principal estava arrombada.

Logo, as vítimas perceberam que o carro e a motocicleta, que estavam estacionados na garagem, já tinham sumido. Os bandidos usaram força para entrar pela porta da frente da casa.

Lá dentro, as vítimas encontraram as cenas do pesadelo: tudo estava revirado. Foi aí que eles notaram a falta do cãozinho e de toda a bagagem que a família tinha levado para passar o feriado na praia.

Apesar do carro ter alarme, os turistas perceberam que os criminosos cortaram o fio responsável pelo disparo sonoro antes de levar o veículo. 

A família falou com a Reportagem quando ainda recuperava o carro, na Delegacia Sede de Praia Grande. As vítimas estavam apenas com as roupas do corpo e tomando chuva. “Isso é muito triste. Era para ser um fim de semana de diversão e vamos voltar para casa desse jeito”, diz outra vítima que prefere não se identificar.

Sofrimento

O cãozinho Tuba pertence a uma família com quatro crianças pequenas — a mais velha tem 5 anos. Eles moram no Jaçanã, na Capital.  “Minha filha está grávida. Ela é a dona do cachorrinho. Ela não parou de chorar desde domingo, quando esses bandidos levaram o bichinho. Está sofrendo muito”, descreve o turista Zinho Alencar, uma das vítimas.

Tuba tem o pelo mesclado — uma parte na cor preta e outra, na marrom. “Ele é um cachorro muito dócil. Meus netos estão sentindo muito a falta dele. Um bandido que leva um bichinho de estimação não tem coração”, argumenta.

Quem tiver alguma informação sobre o pet pode entrar em contato com Zinho Alencar, por meio do telefone 11-98166-7731. 

As investigações sobre o caso devem ser apuradas pelos policiais do 3º Distrito Policial de Itanhaém.

Veja Mais