Três envolvidos no assalto seguido de sequestro já tinham várias passagens

Um dos acusados foi baleado e morreu no local do confronto; ele acumulava seis registros

09/08/2018 - 21:10 - Atualizado em 09/08/2018 - 21:24

Crime ocorreu na noite da última quarta-feira, em Santos 
(Foto: enviada via WhatsApp)

Três dos quatro envolvidos no roubo à residência no Boqueirão, em Santos, seguido do sequestro de uma moradora, na quarta-feira (8) à noite, têm várias passagens pela polícia.

Morador na Alemoa, em Santos, o marginal que morreu no confronto a tiros com policiais militares é Vinicius Araújo Mesquita. Ele tinha 18 anos e contabilizava seis registros.

As ocorrências de Vinicius começaram em julho de 2015, quando tinha apenas 15 anos e se envolveu em um furto cometido no interior de um veículo. Em janeiro de 2016, foi surpreendido com um cigarro de maconha e, em março, cometeu outro furto de objetos dentro de um caminhão.



Ainda neste mesmo ano de 2016, em 2 de novembro, Vinicius foi acusado de receptar 15 pneus de caminhões furtados. No dia 25 deste mês, houve o caso mais grave: o sequestro-relâmpago de um motorista do aplicativo Uber.

Vinicius ainda não havia completado a maioridade penal e fugiu da Fundação Casa, em Guarujá, no dia 17 de junho de 2017. Os demais casos aconteceram em Santos.

Outro adulto

Baleado na cabeça e internado na Santa Casa, Kauan Bezerra Souza, de 18 anos, mora no Chico de Paula e possui três passagens, todas em Santos. Uma delas é o porte de um revólver calibre 22, em março do ano passado, quando tinha 17 anos.

Em abril de 2017, Kauan ainda era adolescente e foi detido acusado de tráfico. Ele portava 40 pedras de crack. Em outubro, já maior de idade, foi surpreendido com três porções de maconha, sendo liberado após registro de termo circunstanciado de porte de drogas para uso próprio.

Adolescentes

Os dois adolescentes têm 16 anos e também foram baleados, sendo um na cabeça e o outro na região abdominal. Residente no São Manoel, em Santos, um dos menores infratores possui três passagens.

Em duas delas, em 2016 e 2017, este adolescente foi detido portando celulares roubados. No último dia 17 de maio, policiais militares o detiveram com uma réplica de pistola que supostamente usou ou usaria para cometer assaltos.
Veja Mais