Tentativa de suborno termina em prisão em Santos

Rapaz de 18 anos foi preso, na madrugada de segunda (16), por corrupção ativa

17/07/2018 - 08:00 - Atualizado em 17/07/2018 - 08:00

Danyel Guimarães, de 18 anos, ofereceu dinheiro a policiais militares para não ser levado à Central de Polícia Judiciária (CPJ) e foi preso em flagrante por corrupção ativa.

A prisão aconteceu às 4h20 desta segunda-feira (16), na Avenida Senador Feijó, no Centro de Santos. Os PMs realizavam operação e pararam um táxi para uma vistoria de rotina. Danyel e outro rapaz eram os passageiros.

De acordo com os policiais, Danyel portava um celular e recebeu mensagem pelo aplicativo WhatsApp com a fotografia de uma viatura da Polícia Militar.

Ao ser indagado sobre o teor da foto, ainda conforme os PMs, o acusado alegou ser “sintonia” (liderança) do Primeiro Comando da Capital (PCC), fazendo a segurança de um ponto de tráfico de drogas no Morro do Fontana.

Armas ou entorpecentes não foram encontrados com os suspeitos, mas Danyel teria oferecido R$ 5 mil a um dos policiais para não ser levado à CPJ.

Um tenente afirmou ter ouvido Danyel tentando subornar o outro policial e o rapaz recebeu voz de prisão.

A delegada Cláudia Santana Barazal autuou Danyel em flagrante por corrupção ativa. O delito é inafiançável e punível com reclusão de dois a 12 anos de reclusão. 

Veja Mais