Promotores são encontrados mortos em apartamento no Rio

Servidores foram encontrados com marcas de balas, mas não houve indício de invasão

16/01/2018 - 16:44 - Atualizado em 16/01/2018 - 16:53

O crime ocorreu na madrugada de domingo para segunda
(Foto: Divulgação)

 Promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) foram mortos nesta terça-feira (16), no Rio. Os corpos do servidor do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), Marcus Vinicius da Costa Moraes Leite, e da esposa, a também servidora do órgão, Luciana Alves de Melo foram encontrado no interior de um apartamento na Rua Coronel Paulo Malta, na Barra da Tijuca, bairro da zona oeste do Rio.

De acordo com as primeiras informações do MP, o casal foi alvejado a tiros. A arma do crime foi encontrada no local, não havendo indícios de invasão ou assalto. 

"A Polícia Civil acredita que os fatos ocorreram na madrugada de domingo, 14, para segunda, 15, não sabendo determinar ainda as circunstâncias das mortes", informou o MP.

Veja Mais