Presos fogem do CPP de Mongaguá

Ao todo sete detentos escaparam da unidade na madrugada de sexta-feira, sendo que dois já foram recapturados

01/09/2017 - 22:06 - Atualizado em 01/09/2017 - 22:06

Fuga foi percebida por um agente de segurança
que estava  na Torre (Rogério Soares/AT)

Sete presos do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) Dr. Rubens Aleixo Sendin, instalado em Mongaguá, fugiram às 2h15 desta sexta-feira (1). Após buscas pela área, foram recapturados Eduardo Américo Rodrigues e Tarcísio Silva Souza.

Permanecem foragidos os detentos Vinicius Gabriel Moreira, Júlio César dos Santos, Leandro Agostinho de Souza, Paulo Ricardo de Carvalho e Diego Batista dos Santos. Eles se embrenharam em uma mata atrás da unidade, única de regime semiaberto da região.

A fuga foi percebida por um agente de segurança penitenciário que estava de plantão na Torre 2. Ele viu um grupo de presos correndo pelo campo do Pavilhão 1 e fazendo um “rasgo” no alambrado, através do qual atingiram a muralha.

O alarme foi acionado, mas os detentos conseguiram escalar a muralha e atingir a parte externa. Policiais militares se dirigiram ao CPP de Mongaguá e, momentos depois, recapturaram dois presos ainda nas imediações. A fuga foi registrada pelo delegado Ruy de Matos Pereira Filho.

Veja Mais