Polícia esclarece e prende acusado do crime do carrinho

O autor do crime, que colocou o corpo dentro de um carrinho de supermercado, já está preso

21/11/2017 - 15:42 - Atualizado em 21/11/2017 - 23:05

Moradores perceberam o corpo dentro do carrinho
(Foto: Rogério Soares / AT)

A Polícia Civil desvendou o mistério do corpo encontrado dentro de um carrinho de supermercado, no Estuário, em Santos, no último dia 15. Os investigadores não só identificaram a vítima como o autor do crime.  Carlos José Conceição, de 49 anos, foi preso por ter matado a facadas  Renan Pereira Totaru, de 47 anos.   

Em depoimento, Carlos confessou aos policiais que após uma discussão com Renan pegou uma faca e golpeou a vítima diversas vezes.  As investigações apontaram que o autor,  tentando se livrar das evidências do crime, utilizou um carrinho de supermercado para transportar o corpo.

O corpo de Renan foi encontrado por moradores da Rua Antônio Maia, no bairro Estuário, com vários ferimentos.  Atingido com facadas nas pernas, nos braços, nas costas e na região abdominal, o desconhecido teve o corpo “dobrado” e amarrado com fios de cobre, segundo descreveram policiais militares.

O crime ocorreu no último dia 15 no Estuário (Foto: Rogério Soares / AT)

As provas produzidas pela perícia técnica, assim como, as diligências investigativas possibilitaram o esclarecimento desse crime. O autor foi preso e encaminhado à Cadeia Pública de Santos. 

O caso foi esclarecido pelos investigadores da Delegacia de Polícia Antissequestro de Santos, Setor de Homicídios, sob o comando do Delegado Renato Mazagão Júnior.

Veja Mais