Polícia elucida série de assaltos a farmácias em Santos

Desempregado de 41 anos, envolvido em pelo menos seis delitos, já está preso

09/02/2018 - 07:20 - Atualizado em 09/02/2018 - 07:25

 Crimes ocorreram em lojas do Gonzaga, José Menino e Encruzilhada (Foto: Irandy Ribas/AT)

Os investigadores do 7º Distrito Policial de Santos conseguiram desvendar uma série de seis assaltos que aconteceram em uma rede de farmácias com lojas no Gonzaga, José Menino e Encruzilhada.

Conduzida pelo chefe dos investigados do 7º DP, Marcelo Leite, e pelo delegado Alexandre Aranha, a investigação chegou a um acusado: o desempregado Fernando dos Santos Pereira, de 41 anos. Ele está detido no Centro de Detenção Provisória de São Vicente. Em 1º de dezembro, ele foi preso em flagrante quando tentava roubar uma farmácia na Avenida Francisco Glicério, no José Menino, em Santos.

Depois que o acusado foi detido, os policiais conseguiram informações sobre outros cinco roubos — em 8 e 21 de setembro, outros em 1º e 28 de outubro, além do praticado em 15 de novembro e daquele que foi frustrado, em dezembro.

A polícia afirma que o acusado seguia um roteiro para assaltar os estabelecimentos. Ele ameaçava os funcionários, às vezes, usando uma faca ou simulando ter uma pistola consigo na hora em que agia. Intimidados, as vítimas acabavam entregando dinheiro e pertences. 

Outra semelhança encontrada pela investigação policial: a maioria dos roubos efetuados durante a noite. Nesta quinta-feira (8), funcionários das farmácias onde o acusado teria assaltado compareceram ao 7º Distrito Policial e fizeram o reconhecimento pessoal dele. As investigações seguem com autorização judicial.

Com a elucidação dos assaltos, Fernando dos Santos Pereira teve a prisão preventiva requerida pela Polícia Civil e a Justiça acolheu o pedido. Depois disso, o Ministério Público Estadual deve oferecer denúncia contra ele. 

Veja Mais