Padre é baleado durante tentativa de assalto em São Vicente

Elmiran Ferreira Santos dirigia seu carro quando notou que seria assaltado. Ao acelerar, foi atingido

14/03/2018 - 11:29 - Atualizado em 14/03/2018 - 12:28

Padre Elmiran: atingido no braço na Rua
Walt Disney, em SV (Foto: Divulgação/Diocese)

O padre Elmiran Ferreira Santos, de 52 anos, foi baleado no braço direito durante tentativa de assalto cometida por dois marginais não identificados, às 21 horas desta terça-feira (13), em São Vicente.

O religioso é da Paróquia Senhor Bom Jesus, na Vila Zilda, em Guarujá, e dirigia o seu carro Novo Gol pela Rua Walt Disney, próximo à Rua Salvador, na Cidade Náutica, quando avistou a dupla, pressentiu que seria roubado e acelerou.

Um dos ladrões, que vestia camiseta branca, sacou uma arma de fogo e disparou. O tiro perfurou a porta esquerda do veículo e alojou-se no braço direito do padre, que continuou a dirigir.

Elmiran só parou ao chegar na sede da 2ª Companhia do 39º BPM/I, na Praça Imigração Japonesa, localizada nas imediações. Lá, ele relatou o ocorrido e os policiais acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O padre foi levado de ambulância ao Hospital Municipal de São Vicente e passa bem. O caso foi registrado no plantão da Delegacia de São Vicente pelo delegado Thiago Espinha Garcia, mas será apurado pelos policiais do 2º DP, em cuja área aconteceu o crime. Ainda não há pistas dos marginais.

Nota da Diocese

Na manhã desta quarta-feira (14), a Diocese de Santos enviou nota sobre o episódio aos padres da região. Assinado pelo bispo diocesano dom Tarcísio Scaramussa e pelo padre Vagner Argolo, chanceler do Bispado, o comunicado diz: “Caros Padres: Em plena vivência da Quaresma – e de modo especial da Campanha da Fraternidade, em que somos convidados a refletir sobre a situação da violência em nosso país –, pudemos viver de perto um episódio de violência entre nós: na noite do dia 13/3, Pe. Elmiran sofreu uma tentativa de assalto, onde houve disparo e foi atingido no braço. Nesta quarta-feira ele fez novos exames na Santa Casa de Santos e, graças a Deus, não foi constatado nada grave e já está de volta à sua casa. Rezemos pelo seu pronto restabelecimento e que o Senhor da Misericórdia nos ajude a viver este tempo da Quaresma na solidariedade com todas as vítimas da violência. Paz e bem”.

Veja Mais