Operação da Polícia Civil resulta em 82 presos em seis cidades da região

Os trabalhos ocorreram em Bertioga, Cubatão, Guarujá, Praia Grande, Santos e São Vicente

20/04/2017 - 18:25 - Atualizado em 20/04/2017 - 21:32

A Polícia Civil realizou operação na Baixada Santista, entre as 11 horas de quarta-feira e o mesmo horário desta quinta-feira (20). Ao todo, 82 pessoas foram colocada atrás das grades nas cidades de Bertioga, Cubatão, Guarujá, Praia Grande, Santos e São Vicente. Deste montante, 38 pessoas foram presas em flagrante, enquanto 44 por meio de mandados de busca e apreensão.

Durante as 24 horas de trabalho, os 137 policiais envolvidos capturaram 21 adolescentes e autuaram 207 pessoas por infrações penais de menor potencial ofensivo. Estes foram liberados após a elaboração de termos circunstanciados(TCs).

O resultado da operação foi divulgado  pelo delegado Seccional de Santos, Manoel Gatto Neto, que comemorou o resultado da ação e elogiou os policiais envolvidos.”Apreendemos 15, 4 quilos de maconha, 6,5 quilos de cocaína e 1,8 quilo de crack. A conclusão dos trabalhos foi exitosa porque não tivemos nenhum policial ou popular ferido. Os números bastante positivos mostram a importância dessa operação policial que tornaremos a repetir”, disse. 

O resultado da operação foi divulgado  pelo delegado Seccional de Santos, Manoel Gatto Neto

37 toneladas de açúcar

Umas das ações mais significativas da operação foi realizadas pelos policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos, durante a madrugada. Com apurações em andamento há cerca de um mês, os investigadores prenderam uma quadrilha composta por oito marginais pelo roubo de uma carga de 37 toneladas de açucar. 

O assalto ocorreu por volta da 1h30, enquanto o motorista, vindo de Sertãozinho, interior de São Paulo, aguardava para descarregar a mercadoria em um terminal portuário, na Alemoa. 

Depois de render a vítima, o bando a levou para um galpão situado na Rua General Câmara. Lá, o motorista foi mantido refém, enquanto os bandidos descarregavam o produto. Em campana, os policiais da DIG, sob coordenação do chefe dos investigadores Paulo Carvalhal e do delegado Luiz Ricardo Lara Dias Júnior, invadiram o local e surpreenderam os ladrões. 

Diante do flagrante, Francisco Santana de Souza, de 53 anos, José Augusto da Silva Batista, de 26, Mario Francisco dos Santos Neto, de 35, Denis Xavier Dias, de 27, Rodrigo dos Santos, de 30, Ademilson Pereira da Silva, de 39, Marcio Antonio Lourenço, de 60, e Edson Oliveira da Silva, de 39, foram indiciados e recolhidos à carceragem da unidade. 

“Nesse último mês tivemos três casos semelhantes. E isso nos levantou suspeitas em relação a uma quadrilha específica. Conseguimos informações e nesta madrugada surpreendemos essas oito pessoas. Vamos apurar a participação deles nos outros casos. Estamos iniciando o período de safra de grãos deste anos e isso requer uma maior atenção da polícia judiciária na modalidade criminosa aos motoristas que chegam à Cidade transportando essas cargas”, revela o delegado. 

Veja Mais