Menina de 7 anos, moradora de Guarujá, morre afogada em Balneário Camboriú

Rachel Rodrigues Novaes Soares morreu após ficar com o cabelo preso no ralo de uma piscina infantil

17/07/2017 - 16:43 - Atualizado em 17/07/2017 - 16:56

Rachel chegou a ficar submersa por seis minutos
(Foto: Arquivo Pessoal)

Uma menina de 7 anos, moradora de Guarujá, morreu afogada na piscina de hotel em Balneário Camboriú, no litoral catarinense, no final da tarde deste domingo (16). Segundo testemunhas, após ficar com o cabelo preso no sistema de sucção da piscina, Rachel Rodrigues Novaes Soares ficou submersa por cerca de seis minutos. 

Segundo apurado pela Reportagem com o Corpo de Bombeiros em Balneário Camboriú, o afogamento aconteceu por volta das 15 horas. Rachel estava brincando na piscina infantil do hotel, que tem 60 centímetros de profundidade, quando acabou sugada, ficando com o cabelo preso no ralo da piscina. 

Hóspedes do hotel, que presenciaram o acidente, socorreram imediatamente a menina e acionaram o Corpo de Bombeiros. Antes da chegada da corporação, um guarda-vidas, que estava de folga e viu a movimentação no local, tentou fazer a reanimação, mas Rachel teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.  

Rachel Novaes havia embarcado com a mãe, em uma excursão, que saiu de Guarujá na última sexta-feira (14). Elas iriam passar o fim de semana em Balneário Camboriú e retornar à região nesta semana. 

Segundo familiares, no sábado (15), as duas aproveitaram o dia no Beto Carrero Word e ontem, último dia de viagem, conheceram a praia durante o dia e, de tarde, ficaram no hotel. 

Nesta segunda-feira (17), o corpo da menina foi trazido à região. Rachel foi sepultada às 16 horas no Cemitério da Consolação, em Vicente de Carvalho, em Guarujá.  

Veja Mais