Marinheiro russo é preso por danificar veículos em Santos

Tripulante do cargueiro Maersk Line, o homem apenas disse que participou de uma briga

31/10/2017 - 11:20 - Atualizado em 31/10/2017 - 11:22

Aparentando estar alterado psicologicamente e com lesões nas mãos, nos braços e na face, um tripulante russo foi detido sob a acusação de danificar veículos estacionados na Rua Pindorama, no Boqueirão, por volta das 3 horas desta segunda-feira (30).

O russo foi detido por um operador, de 35 anos, cuja moto Honda NXR 150 Bros foi derrubada no chão. Logo em seguida, surgiu uma professora, de 51 anos, cujo carro Fiat Palio teve um dos vidros quebrados.

Policiais militares levaram o estrangeiro à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central, sendo ele medicado e liberado. Com o auxílio de um agente marítimo, que funcionou como intérprete, o russo alegou não se lembrar do que ocorreu. 

Tripulante do cargueiro Maersk Line, o russo apenas disse que participou de uma briga, sem revelar maiores detalhes. Após apresentar a sua versão na Central de Polícia Judiciária (CPJ), ele foi liberado.

As vítimas foram orientadas sobre o prazo decadencial de seis meses para apresentarem queixa-crime contra o marítimo pelo crime de dano. Para serem ressarcidas dos seus prejuízos, elas ainda deverão constituir advogado e ajuizar ação cível.

Veja Mais