Homem usava rede social para vender objetos roubados em Peruíbe

Preso negociava em página criada no Facebook produtos levados das casas das vítimas

25/02/2016 - 14:25 - Atualizado em 25/02/2016 - 14:27

Um rapaz acusado de praticar furtos e roubos a residências em Peruíbe foi identificado e preso por policiais civis, após ele utilizar o Facebook para negociar os produtos levados das casas das vítimas.

Segundo o delegado Bruno Mateo Lázaro, da Delegacia de Peruíbe, foi apurado que Alan Matheus Miranda, de 23 anos, usava uma comunidade da rede social, denominada Feira do Rolo de Peruíbe, para negociar produtos que ele próprio furtava ou roubava.

Os investigadores Marcos Masek, Edmundo Moschetta e Roberto Pinheiro descobriram que o acusado mora na Rua João Francisco Arcanjo, no Jardim Itatins, em Peruíbe, e para lá se dirigiram.

Um revólver Rossi calibre 22, carregado com três balas, que Alan Matheus usaria nos crimes, foi apreendido na casa dele. No imóvel também havia notebook, secador de cabelos, joias, monitor de vídeo e outros objetos reconhecidos como produtos de furtos e roubos.

“Informalmente, Alan Matheus admitiu a sua ligação com crimes contra o patrimônio e as investigações prosseguem para esclarecer todos os casos. Porém, logo após a sua prisão, identificamos um homem e uma mulher que tiveram as suas casas furtadas pelo rapaz, respectivamente, nos dias 15 e 27 de janeiro”, conta Lázaro.

Tais vítimas, até então, não haviam registrado os crimes na Delegacia de Peruíbe por temer represálias. A mulher, inclusive, disse que, no dia seguinte ao furto, Alan Matheus a procurou para admitir o delito e ameaçá-la, caso procurasse a polícia.

Veja Mais