Homem morre ao defender o filho que fugia da polícia em Santos

Confusão ocorreu na casa onde ele morava. Suspeito foi preso por resistência e tráfico de drogas

18/06/2017 - 11:00 - Atualizado em 18/06/2017 - 15:16

Um homem de 44 anos foi baleado na região do abdômen e morreu na própria casa, na noite de sábado (17), em Santos, ao tentar defender o filho que fugia da polícia em Santos. Railton Alves dos Santos é pai de Weslley dos Santos, de 20, que acabou sendo preso em flagrante por resistência à prisão e tráfico de drogas.

O caso aconteceu durante patrulhamento de rotina da Polícia Militar na Rua Dr. João Éboli, na Vila Mathias. O filho da vítima fatal foi abordado junto com um outro rapaz em frente à casa onde morava, por volta das 18h50. Após revista pessoal, os policiais encontraram com Weslley maconha e uma pequena quantia em dinheiro. Com o outro suspeito, nada de ilícito foi encontrado.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, um dos policiais foi verificar a possível presença de mais drogas na escadaria da casa, quando Weslley tentou fugir, escalando as paredes e entrando no imóvel pela janela de um dos quartos. 

Já na casa, ainda segundo relato do policial, depois de pedir para que o jovem saísse do quarto, barulhos de móveis sendo arrastados e de vidro quebrando teriam sido ouvidos pelos agentes. Neste momento, segundo o militar, Weslley teria garantido que só sairia morto do local. 

A confusão que levou à morte o pai do suspeito começou quando o policial foi atingido na testa pela porta. Ainda "zonzo" com a pancada, viu Weslley tentando atacá-lo com um pedaço de vidro. Após ter o dedo atingido, o policial relata que Railton surgiu por trás com uma faca e, no momento em que ele caiu de joelhos, teve o braço atingido. Pai e filho ainda teriam tentado novamente atacá-lo, quando o policial conseguiu sacar a arma e efetuou o disparo.

Na casa, foi apreendida uma sacola com 34 porções de crack, 14 de cocaína e 8 de maconha. A arma que realizou o disparo, assim como a faca utilizada pela vítima para atingir o policial, foram apreendidas para averiguação.

Ainda de acordo com informações da PM, o socorro foi acionado, mas o homem morreu no local. A morte de Railton foi registrada como "decorrente de oposição à intervenção policial".

A ocorrência foi registrada no 1º Distrito Policial de Santos. 

Veja Mais