Homem atira na cabeça da esposa e se mata em Praia Grande

Caso aconteceu na madrugada de quarta-feira, no bairro Maracanã

18/01/2018 - 09:49 - Atualizado em 18/01/2018 - 09:49

O ajudante de motorista Fernando Francisco de Farias, de 38 anos, atirou na cabeça da mulher e, em seguida, disparou contra a própria boca. A tragédia aconteceu na madrugada de quarta-feira (17), na residência do casal, em Praia Grande. O estado de Cícera Maria de Souza Oliveira, de 33 anos, é grave. O homem morreu no local. 

Vítima está em estado grave no Hospital Irmã Dulce
(Foto: Alexsander Ferraz/AT)

A casa fica na Rua José Demar Peres, no Maracanã. Quem primeiro constatou a tragédia foi Luiz Felipe da Silva, às 2h20. Irmão de Cícera, ele a encontrou baleada no quarto, sobre a cama do casal, enquanto o cunhado já estava morto no chão do banheiro da suíte.

 

Próximo aos pés de Fernando foi recolhido um revólver Taurus calibre 38 com duas cápsulas íntegras e três deflagradas. Luiz Felipe correu até a rua para pedir socorro, sendo Cícera encaminhada ao Hospital Irmã Dulce. Até a manhã desta quinta-feira (18), ela seguia internada e o seu estado clínico era crítico.

O irmão de Cícera contou que ela e o cunhado estavam separados de fato, mas continuavam a residir juntos. Ainda de acordo com a testemunha, Fernando não aceitava a separação e discutiu com a mulher na terça, depois de visualizar diálogo dela com um ex-namorado pelo WhatsApp.

Durante o desentendimento, Cícera teria ligado para a PM por se sentir ameaçada, mas Fernando tomou dela o celular e o quebrou, segundo acrescentou Luiz Felipe. O tiro que atingiu a mulher entrou na parte de trás da cabeça e ficou alojado.

Veja Mais