Dupla é presa após render família e assaltar residência em São Vicente

Outros dois membros da quadrilha escaparam; crime ocorreu no sábado (18), no Jardim Rio Branco

20/08/2018 - 13:14 - Atualizado em 20/08/2018 - 13:19

Bandidos "limparam" a residência, roubando todo tipo de pertence da família (Foto: Divulgação)

Uma família do Jardim Rio Branco, em São Vicente, viveu momentos de terror na noite deste sábado (18), quando um grupo de quatro bandidos fez um homem e seu filho reféns dentro de sua própria residência, amarrados, enquanto viam a quadrilha lhes roubar diversos pertences, além de quase R$ 800.

Segundo o relato de uma das vítimas no Boletim de Ocorrência, a abordagem dos indivíduos (três homens e uma mulher, aparentemente menor de idade) ocorreu por volta das 23h10, quando ele entrava com seu carro na garagem da casa. Ele foi rendido, por meio de ameaça com arma de fogo, e forçado a entrar junto com a quadrilha - exceto por um deles, que ficou de guarda na porta.

Já dentro do domicílio, as vítimas foram dominadas e tiveram as mãos amarradas com fios. Em seguida, os bandidos passaram a subtrair diversos pertences da família, como roupas, celulares e um videogame, assim como R$ 779 em dinheiro. 

Enquanto se preparavam para fugir no veículo da família, um dos bandidos levou as vítimas amarradas para um banheiro da casa, que fica no andar superior, e lá as trancou. Apenas alguns minutos depois, elas conseguiram se soltar, quebrar a janela do ambiente e pedir por socorro, sendo atendidas por um vizinho, que chamou a polícia.

Além dos objetos, polícia encontrou R$ 779
com bandidos (Foto: Divulgação)

De posse das descrições dos indivíduos, os policiais realizaram uma patrulha pela região, e pouco tempo depois flagrou dois dos criminosos, identificados posteriormente como Diego Santos do Nascimento, de 28 anos, e Leandro Santiago de Souza, de 24 anos, transferindo diversos objetos de um carro para outro.

Ao ser constatado que um dos veículos era o que foi roubado da família, a dupla foi abordada. Nesse momento, um deles tentou fugir do local, mas foi impedido pela polícia, que deteve ambos. Eles foram revistados, assim como os veículos, e boa parte dos objetos subtraídos da residência foram encontrados, o que motivou a prisão em flagrante dos dois suspeitos.

A dupla foi levada ao 1º DP da Cidade. Lá, constatou-se que o carro que estava recebendo os objetos roubados era na verdade de Diego. Tanto ele quando Leandro, no entanto, negaram todas as acusações, e afirmaram que na verdade estavam apenas realizando uma "corrida de transporte de passageiros". Mas a versão não convenceu as autoridades policiais, que indiciaram ambos por roubo qualificado. Não há informação até o momento sobre os objetos que foram roubados mas não recuperados, nem sobre as outras duas pessoas que participaram da ação criminosa.

Veja Mais