Dois homens morrem em troca de tiros com a Rota em Guarujá

Confronto ocorreu durante ação contra o tráfico; cerca de 35 quilos de entorpecentes foram apreendidos

07/07/2018 - 13:28 - Atualizado em 07/07/2018 - 17:10

Drogas e radiocomunicadores foram apreendidos durante a operação (Foto: Divulgação)

Dois homens morreram em tiroteio com policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), que realizavam operação para reprimir o tráfico de drogas na Vila Baiana, em Guarujá. Cerca de 35 quilos de entorpecentes foram apreendidos.

O confronto ocorreu na sexta-feira (6) e resultou nas mortes de Gustavo Nascimento Lima, de 23 anos, e Ruy Anderson Olegário da Silva, de 35. Eles portavam duas pistolas de calibres .40 e 9 milímetros, além de duas sacolas contendo entorpecentes e dinheiro.

Em uma sacola havia 277 pedras de crack, 90 cápsulas de cocaína e R$ 1.010,00. Na outra foram apreendidas a quantia de R$ 1.648,00 e 107 porções de cocaína e 42 de maconha. Gustavo e Ruy caíram na frente de uma casa da qual exalava forte odor de drogas.



Ninguém estava no imóvel, mas nele foram achados 36 tijolos e 373 porções de maconha totalizando cerca de 34,5 quilos, duas balanças, quatro rádios de comunicação com os respectivos carregadores, um colete à prova de balas, um carregador de pistola calibre 9 milímetros e 13 frascos de lança-perfume. Todo o material foi apresentado ao delegado Caio Azevedo de Menezes, na Delegacia de Guarujá.

Segundo a equipe da Rota, a residência foi aberta com uma chave encontrada com um dos baleados. A dupla ferida foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Enseada e transferida ao Hospital Santo Amaro, onde faleceu.

Cerco pelo morro

A incursão na Vila Baiana foi precedida de levantamento da área. Para evitar eventual fuga, a equipe da Rota se dividiu para realizar um cerco. Enquanto parte dos patrulheiros entrava nessa comunidade, outros PMs vinham pela Vila Zilda, que fica atrás dela, por meio do Morro do Macaco.

Em uma viela da Rua Paraguai, os patrulheiros avistaram vários marginais armados, que fugiram correndo e atirando contra eles. Os policiais revidaram os disparos e atingiram dois deles. Além das armas apreendidas com Ruy e Gustavo, uma terceira pistola, de calibre 9 milímetros, foi achada na rota de fuga dos criminosos.

Veja Mais