Casal é preso por tráfico de drogas na Baixada Santista

Entorpecentes saíram da Vila dos Pescadores, em Cubatão, para Peruíbe

22/09/2018 - 11:11 - Atualizado em 22/09/2018 - 11:12

Com a dupla foram encontradas 1.400 cápsulas de cocaína, 992 pedras de crack e 399 tirinhas de maconha (Divulgação)

Policiais da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Itanhaém prenderam na madrugada desta sexta-feira (21), no Litoral Sul, uma mulher e um homem por tráfico de drogas.

Residente em Praia Grande, Rafaela Karolina Câmara Lopes, de 32 anos, foi a primeira a ser presa. Ela dirigia um Ford Ka prata e entregaria drogas a Adilson Gomes Marques, de 33, morador em Peruíbe.

Após alguns meses de investigação, a equipe do delegado Bruno Mateo Lázaro e do investigador Wendel Oliveira Santos apurou que o Ka era usado para distribuir entorpecentes em Itanhaém e Peruíbe.

No início da madrugada de sexta, a equipe da Dise interceptou o carro no km 323 da Rodovia Padre Manuel da Nóbrega, no Savoy, em Itanhaém. Rafaela dirigia o veículo e estava sozinha.

No banco frontal de passageiro do Ka havia uma sacola contendo 1.400 cápsulas de cocaína, 992 pedras de crack e 399 tirinhas de maconha.

Rafaela disse que recebeu os entorpecentes na Vila dos Pescadores, em Cubatão, com a finalidade de entregá-los na casa de Adilson, na Rua Sebastião Leopoldino Amaral, em Peruíbe. Pelo transporte, ela afirmou que ganharia R$ 1 mil.

De posse dessa informação, os policiais foram com o Ka até a residência de Adilson. O acusado já aguardava na porta, recebendo voz de prisão ao se aproximar do veículo para apanhar a encomenda ilícita.

Adilson negou vínculo com as drogas, mas os policiais apreenderam os celulares dele e de Rafaela. Nos aparelhos constam registros de chamadas que os acusados trocaram entre si.

Veja Mais