Rapaz é preso com armas, drogas e celular roubado em Praia Grande

Por meio de uma denúncia anônima, policiais chegaram até o acusado

20/03/2017 - 16:29 - Atualizado em 20/03/2017 - 17:16

Denúncia anônima de que um rapaz chamado Gustavo guardava drogas em sua casa, em Praia Grande, motivou a ida de policiais militares até o local, onde apreenderam, além de entorpecentes, uma pistola e um celular roubado.

O imóvel fica na Rua Norberto Florêncio dos Anjos, em Solemar II. Os PMs chegaram ao local por volta das 9h30 desta segunda-feira (20) e avistaram um rapaz em seu interior através da porta, que se encontrava entreaberta.

Ao ser indagado sobre o seu nome, o suspeito afirmou se chamar Gustavo Dantas da Silva, de 22 anos, e os policiais o informaram sobre o teor da denúncia. Sem reagir,  ele confessou possuir uma arma de fogo e drogas.

Em uma gaveta do guarda-roupa estava uma pistola Taurus 380 com a numeração raspada, além de dois carregadores, dez munições intactas e a quantia de R$ 1.350,00. Gustavo declarou que comprou recentemente a arma para se defender, pois estaria sofrendo ameaças.

Várias quantidade de drogas, pistola, celulares foram encontrados pela PM ( Foto; Divulgação)

O acusado disse que escondia as drogas em uma residência vizinha. Esta casa está desabitada, mas a sua chave encontra-se com Gustavo, que a forneceu para os policiais poderem vistoriá-la.

Dentro da geladeira do outro imóvel foram achados dois tabletes de maconha pesando 596 gramas e duas pedras de crack totalizando 53 gramas. Em um buraco na parede protegido por um espelho de interruptor de tomada, o jovem escondia 420 cápsulas de cocaína já prontas para a venda a varejo.

A revista à moradia vizinha ainda resultou na apreensão de uma faca com resquícios de drogas e balança digital sobre uma mesa. Uma garota de 15 anos, que afirmou ser namorada de Gustavo, estava na primeira casa e alegou ignorar a existência dos entorpecentes.

A adolescente contou que domingo foi com o namorado em um baile e decidiu pernoitar na residência dele. A garota portava um celular, que alegou ter ganho de presente da mãe. Porém, pesquisa do aparelho revelou que ele é produto de roubo cometido no último dia 6 de fevereiro.

Os policiais levaram o casal e o material apreendido ao 3º DP de Praia Grande. O delegado Flávio Goda Magário autuou Gustavo em flagrante por tráfico e posse ilegal de arma de fogo, determinando a sua remoção à cadeia. Acusada de receptação, a adolescente foi liberada para a mãe, mediante o compromisso da mulher apresentar a filha na Vara da Infância e da Juventude. 

Veja Mais